Natalenses querem muito mais saúde, paz e educação em 2014

Entre os principais pedidos, saúde e paz aparecem no topo da lista

No último dia do ano, O Jornal de Hoje foi às ruas perguntar sobre os desejos da população para o ano de 2014. Entre os principais pedidos, saúde e paz aparecem no topo da lista, mas o anseio de mudanças e melhorias na saúde, educação e segurança de Natal e de todo o Rio Grande do Norte também foram bastante citados.

José Batista da Silva, um dos mais antigos vendedores de objetos e roupas de artesanato da Praça Padre João Maria, no centro da cidade, elegeu a saúde como prioridade, mas lamentou a atual situação do seu local de trabalho. “Peço saúde para mim e minha esposa e ainda que estes governantes melhorem essa Praça. A Prefeitura tem que valorizar o nosso trabalho, estas bancas estão desmoronando. Trabalho aqui há 25 anos e nunca vi melhorias, a não ser no governo de Wilma. Quando se aproximam as eleições, estes políticos vêm e prometem tudo, mas quando ganham não aparecem mais”.

Neninha Borges, que também trabalha na Praça Padre João Maria vendendo frutas e feijão verde, há 16 anos, clamou por melhorias na Praça. “Desejo saúde, paz e menos violência, mas quero que o prefeito ajeite aqui, porque além de ser um ponto turístico é o meu ganha-pão”.
Já o comerciante Francisco Canindé planeja ter seu imóvel. “Além da saúde, educação e segurança, que é o essencial e tem que melhorar, desejo realizar o sonho da casa própria”, disse.

O supervisor de produção Luiz Flávio também aposta no imóvel próprio como meta para 2014. “Meu novo apartamento está sendo construído. O caos no trânsito está muito ruim e as ruas da cidade estão horríveis. Os próprios governantes deveriam ter uma consciência social mais forte”.
A vendedora Silvana Pegado quer melhorias na educação, segurança e, prioritariamente, na saúde pública. “A saúde está precária e tem que melhorar urgente”.  A corretora de imóveis Patrícia Medeiros desejou felicidades a todos. “Também desejo saúde e que a harmonia exista em família. E que eu possa ter o meu próprio negócio em 2014″.

O aposentado Washington Luis Pereira, pediu saúde em primeiro lugar e confidenciou estar solteiro na terceira idade. “Estou numa nova fase, mas não desejo outro amor, porque já amo a humanidade e ao próximo e tenho uma família maravilhosa”, disse.

O lavador de carros Eduardo Freitas disse que mesmo trabalhando numa situação mais difícil acredita no melhor que a vida possa oferecer. “Temos sempre que acreditar e esperar o melhor de tudo”. Júlia Gomes, flanelinha, fez votos de saúde e paz e disse que espera um ano melhor para Natal. “Quero que seja um ano bom para a cidade, com mais limpeza, pois as ruas estão cheias de lixo. A segurança tem que melhorar porque tem muita gente morrendo nas ruas”.

 

GRHTRH

Compartilhar: