Netflix terá que aumentar o preço pela primeira vez em 3 anos

Reajuste será ‘de US$ 1 ou US$ 2 por mês’ para novos clientes em todo o mundo, segundo a empresa

Netflix: aumento entrará em vigor até julho. Foto: Divulgação
Netflix: aumento entrará em vigor até julho. Foto: Divulgação

A Netflix vai aumentar seus preços pela primeira vez em três anos para ajudar a custear o aumento da programação em vídeo pela internet, como o popular drama político “House of Cards”. O aumento, que entrará em vigor até julho, elevará os preços em US$ 1 ou US$ 2 por mês para novos clientes. Os quase 36 milhões de assinantes atuais da empresa continuarão a pagar US$ 8 por mês, pelo menos, no próximo ano, segundo informou o diretor executivo da Netflix, Reed Hastings. Segundo o escritório da Netflix no Brasil, o país estará incluído no aumento, já que a estratégia é global.

“É emocionante quando nós vemos os shows e filmes que nós poderemos obter se tivermos um orçamento maior”, disse Hastins à agência Associated Press. “Nós queremos fazer o serviço cada vez melhor para mais pessoas se juntarem a nós”.

A Netflix anunciou o aumento durante a divulgação dos resultados no primeiro trimestre. A empresa vem investindo mais para competir com os canais tradicionais de televisão a cabo, como HBO, e empresas de tecnologia, como Amazon, Hulu, Microsoft e Yahoo, que estão planejando comprar mais de programação de vídeo na internet de estúdios de Hollywood .

“Eu acho que eles precisam para aumentar o preço para continuarem a ser rentáveis”, disse o analista da Wedbush Securities Michael Pachter da Netflix.

A Amazon aumentou recentemente o preço do seu serviço Prime, que inclui um acervo de vídeos na internet, de US$ 79 para US$ 99 anuais.

O anúncio do aumento fez as ações da empresa subirem na Bolsa de Nova York, mas o reajuste significa um risco para a Netflix, que perdeu 800 mil assinantes em 2011, quando a última mudança nos preços foi anunciada.

Fonte: O Globo

Compartilhar: