Novo aplicativo tem capacidade de detectar câncer de pele

Nos primeiros testes, o app conseguiu diagnosticar com precisão em 85% das vezes, porcentagem similar à taxa de precisão que os próprios dermatologistas têm.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Pesquisadores da Universidade de Houston, nos Estados Unidos, desenvolveram um aplicativo capaz de identificar câncer de pele. A ideia é simples: basta tirar uma foto de uma mancha suspeita na pele e rodá-la em um programa que descobre em segundos se a lesão pode ser cancerígena.

No entanto, além do aplicativo, é necessário um dermatoscópio – lentes especiais de aumento – que custa cerca de US$ 500. O objetivo do DermoScreen é prover o diagnóstico para pessoas que vivem em áreas rurais, sem acesso a médicos especialistas.

Nos primeiros testes, o app conseguiu diagnosticar com precisão em 85% das vezes, porcentagem similar à taxa de precisão que os próprios dermatologistas têm. Por enquanto, o DermoScreen está passando por mais testes no Centro de Câncer da Universidade do Texas.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade