Novo game da EA, ‘Fifa World Cup 2014′ traz todos os estádios da Copa prontos

EA desenvolveu um game acessível e didático mesmo para quem não tem o hábito de jogar títulos de futebol

Desde 1996, a Electronic Arts detém os direitos de produzir jogos de futebol licenciados pela Fifa. O primeiro título inspirado na Copa do Mundo, contudo, só foi lançado dois anos depois que a federação, entidade máxima do esporte no mundo, e a desenvolvedora de games americana firmaram o acordo global. World Cup 98 chegou às lojas nas versões para PC, Nintendo 64, PlayStation e Game Boy, e criou uma nova mania entre os fãs de futebol: os jogos da Copa. Dezesseis anos mais tarde — e três mundiais depois — a EA anuncia o que promete ser o título mais brasileiro da franquia. Fifa World Cup 2014, inspirado no evento que acontece no Brasil em junho, não só traz todos os estádios da Copa (e todos prontos…) como dá destaque especial a um ilustre participante do show: o torcedor.

Segundo Gilliard Lopes, produtor da franquia Fifa, esta é a primeira vez que a Electronic Arts faz um trabalho de simulação envolvendo torcedores. “Fizemos a captura de movimentos na sede da EA, em Vancouver, no Canadá. Levamos homens e mulheres para o estúdio e eles vestiram roupas com sensores. Mostrei para os atores, todos canadenses, como as pessoas reagem às jogadas a partir de vídeos”, explicou Lopes ao site de VEJA durante sua passagem pelo Brasil. “Eles viram como os torcedores pulam, interagem e mexem os braços”, diz o produtor.

tyjjttyjtj

Outra novidade do game é a presença da torcida fora do estádio. Inspirada na paixão do torcedor brasileiro, a Electronic Arts incluiu na nova versão do game pontos turísticos, de onde normalmente as pessoas acompanham as partidas através de telões. Se a França fizer um gol, por exemplo, a câmera mostra como é a comemoração no Arco do Triunfo, em Paris. Se a Alemanha marcar, a festa acontece no Portão de Brandemburgo, em Berlim. “Sentimos a necessidade de mostrar não só a bola, o gol e o atleta, mas também o que aquilo significa para milhões de pessoas que estão acompanhando a partida de fora do estádio”, afirma Lopes.

Fifa World Cup 2014 também vai reproduzir digitalmente outros locais de onde os torcedores costumam assistir aos jogos. “Foram incluídas comemorações nas casas das pessoas ou em praças”, completa o produtor.

O game traz 203 seleções de todo o mundo e os 12 estádios oficiais da Copa. O áudio, em português, foi desenvolvido exclusivamente para o título. Tiago Leifert é quem faz a narração do jogo e Caio Ribeiro, os comentários. Segundo a Electronic Arts, a ideia da companhia foi personalizar a experiência de narração. Ribeiro, que foi jogador de futebol, vai relembrar muitas de suas passagens pelos estádios durante as partidas.

O jogador de Fifa vai notar algumas importantes melhorias na jogabilidade do título. Com base no feedback do público, o controle da bola sofreu alterações e os movimentos dos atletas passaram a ser mais explosivos. Fifa World Cup 2014 não será lançado para as novas plataformas. O game foi desenvolvido apenas para PlayStation 3 e Xbox 360. A razão, explica Gilliard, é a abrangência: “Nossa decisão foi focar nos consoles mais populares.”

Os passes estão mais apurados e as animações passaram a destacar os dribles e fintas — inclusive a do Neymar —, os lançamentos pelo alto e as cabeçadas sobre as costas do oponente. Os pênaltis também estão mais realistas. Os ajustes do chute foram melhorados e agora os goleiros reproduzem as tradicionais e divertidas firulas.

Para não desapontar o jogador pouco experiente, a EA desenvolveu um game acessível e didático mesmo para quem não tem o hábito de jogar títulos de futebol. “Durante a Copa, as pessoas querem levar para casa um souvenir, uma lembrança de que estiveram no mundial. O Fifa World Cup 2014 é mais do que um souvenir: é uma simulação da Copa”, diz Cleyton Oliveira, diretor de marketing da Warner Bros Games, distribuidora da EA no Brasil. “Isso vai trazer o público casual para dentro do jogo. É uma maneira de ficar imerso na Copa do Mundo”, completa o executivo.

Durante a Copa do Mundo, a interação do usuário com o jogo do mundial será ainda maior, graças a um modo totalmente integrado aos resultados do campeonato. Se, eventualmente, o Brasil perder para a Croácia na estreia do torneio, o jogador de Fifa poderá voltar em alguns minutos daquela disputa e tentar mudar o placar. Ele poderá jogar apenas com um atleta ou com toda a seleção.

Os resultados oficiais serão atualizados uma hora depois do fim da partida. Entre os conteúdos adicionais na nova versão do game estão visões aéreas da área externa dos estádios. “O Maracanã, palco da final, recebeu um tratamento especial. Além de poder ver o Cristo Redentor no entorno do estádio, o jogador vai perceber três diferentes ambientações (dia, tarde e noite). O Maracanã está lindo e o fã vai ficar feliz”, completa o produtor, que além de brasileiro, também é carioca.

 

Fonte: Veja

Compartilhar: