Novo painel da Copa do Mundo está ‘show de bola’ na entrada de Natal próximo ao viaduto de PN

O secretário municipal de Serviços Urbanos, Ranieri Barbosa, atento à polêmica, não demorou em localizar a sugestão de Erinaldo

Painel-da-Copa-HD--(5)

Faltando pouco para começar a partida, saiu o painel óbvio e entrou o belo. Na entrada da cidade, a profusão de bolas deu lugar a um layout criativo, com imagens de cartão postal das belezas de Natal, tendo ao centro um goleiro em meio a uma espalmada espetacular.

A nova versão terminou de ser instalada na noite desta última sexta-feira (23) e reuniu, por um desses felizes acidentes da vida, dois talentos de suas profissões: o design gráfico Erinaldo Santos e o fotógrafo Canindé Soares.

Mas como essa história da vitória do bom senso estético aconteceu é um caso à parte. E mostrou a força das redes sociais na vida da comunidade. Com o painel antigo já montado começaram as críticas de internautas. Em caso, acompanhando tudo pela internet, Erinaldo Santos resolveu propor uma alternativa. Demorou apenas um a hora e meia para criar o novo layout, que ele preencheu com as oito imagens de Natal, tendo a Arena das Dunas como a principal.

O secretário municipal de Serviços Urbanos, Ranieri Barbosa, atento à polêmica, não demorou em localizar a sugestão de Erinaldo. Nesse meio tempo, passando pelo Alecrim, o fotógrafo Canindé Soares, ligou para Ranieri para avisar sobre um painel que estava mal fixado quando recebeu a proposta de ceder material para preencher a arte. Estado completo o serviço pelo qual ambos serão gratificados pela empresa responsável pela decoração da cidade com temas da Copa do Mundo no Brasil.

Canindé Soares tem mais de 30 anos de profissão, é um dos baluartes da fotografia em Natal, com respeitável acervo de fotos da cidade que lhe renderá o quarto livro de imagens a ser publicado nos próximos dias, de preferência antes do início do evento.

Erinaldo Santos, designer publicitário há 20 anos, tem portfólio de criações como fornecedor de agências de propaganda. Em comum entre os dois, o fato de serem free lancers, num mercado restrito e fechado.

Mesmo conhecido na profissão como uma espécie de anjo da guarda dos colegas, cedendo fotos ou os disponibilizando em seu site e de estar preparando um livro de imagens exclusivamente sobre Natal sede da Copa, Canindé – pela falta de vínculo direto com veículo – não conseguiu ser credenciado para cobrir o mundial.

“Nesse ponto eu até entendo a Fifa”, diz Canindé, um dos únicos casos de autor a vender dois mil exemplares de um livro antes do seu lançamento. Só de contribuintes particulares a conta do fotógrafo fica coalhada de depósitos de admiradores.

Já Erinaldo Santos, que fez a arte do novo painel, se diz orgulhoso pelo movimento espontâneo de pessoas pelas redes sociais sugerindo o seu trabalho para suceder o painel anterior. “Só isso já me fez ganhar o dia”, diz o designer.

Pena que a qualidade não faz parte da quantidade e o resto da decoração, agregando novos elementos a partir da semana que vem com o envelopamento do viaduto da BR 101 – que não ficará pronto para o evento – não faz parte do pacote criativo by Erinaldo Santos/ Canindé Soares. Que fique a lição para uma próxima Copa, daqui, quem sabe, 50 anos.

Compartilhar: