Nutricionista da Seleção Brasileira dá dicas para manter o corpo em forma

Silvia Pinto Ferreira elabora o cardápio, ajuda a manter a forma e turbinar os músculos dos jogadores da Seleção há 12 anos

Você bebe dois litros de água por dia? A maioria dos jogadores da Seleção também não. Gosta de verduras e legumes? Os atletas que carregam a camisa mais disputada do país tampouco. Precisa perder um quilo aqui, outro ali, com urgência? Alguns eles também, porque a Copa está aí!

Apaixonada pelo campo – da nutrição ao esporte –, a nutricionista Silvia Pinto Ferreira começou sua carreira em 1985, no Clube de Regatas do Flamengo, onde elaborava o cardápio dos jogadores. De lá para cá, passou a entender quais nutrientes eram importantes para os atletas. O que colocar no prato nos dias de jogos? Como fortalecer os músculos e diminuir a gordura rapidamente?

Em 2001, Silvia foi convidada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a montar o menu diário da Seleção. O curioso é que, salvas as devidas proporções (um jogador precisa de mais calorias do que uma mulher), ela descobriu que os problemas alimentares do gramado se pareciam muito com os de suas clientes. “Geralmente, a necessidade proteica é suprida com carne, leite e derivados. Já a ingestão de carboidrato, importante para malhar e queimar gordura, fica aquém do necessário”. Os caras também não são fãs de verduras e legumes. Aqui, Silvia entrega truques simples e possíveis para que você, mesmo sem muito tempo para malhar, consiga manter o corpo em primeiro lugar:

A NUTRICIONISTA DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL ENSINA TRUQUES PARA MANTER O CORPO EM FORMA (Foto: Arquivo Pessoal)
A NUTRICIONISTA DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL ENSINA TRUQUES PARA MANTER O CORPO EM FORMA (Foto: Arquivo Pessoal)

É VERDE
É recomendável pelo menos uma folha e um legume para rechear o prato. Vale tomate, beterraba, cenoura, brócolis, espinafre… “Folhas verdes escuras são ricas em cálcio e ferro, importante para a contração muscular”, diz. E se frutas agradam mais o paladar, é possível apelar para elas duas vezes ao dia. “Banana, por exemplo, é rica em carboidrato e potássio, perfeita para o pós-treino. A maçã com casca possui fibras que cuidam do funcionamento do organismo”, indica. Melancia e melão são super-hidratantes e a laranja, por sua vez, é fonte de vitamina C, importante na produção de energia.

CARBOIDRATOS JÁ!

“O mito de que eles engordam é a maior bobagem. Esse nutriente é essencial tanto para queimar gordura quanto para construir os músculos. Um corpo bonito não se faz só de alface e frango”, afirma a nutricionista. Segundo ela, estão liberados arroz integral, macarrão com molho de tomate, uma fatia de pão integral pela manhã e até um pedaço pequeno de lasanha. “Outra opção é o purê de batata feito com leite desnatado. Fica uma delícia”, recomenda. Fuja apenas de itens fritos e de receitas com molhos muito gordurosos.

GORDURA BOA

Engana-se quem pensa que gordura só serve para ficar estocada na barriga, nas coxas e no culote. Existem versões saudáveis, presentes no azeite, nas castanhas, nas sementes e nos peixes (caso dos ômegas 3, 6 e 9). Elas melhoram o organismo de modo geral (agemna memória e nas trocas enzimáticas, por exemplo) e também reduzem o LDL (colesterol ruim), aumentando o HDL, versão benéfica à saúde.

 

 

Fonte: Revista Marie Claire

 

Compartilhar: