O que andam fazendo os últimos sobreviventes do Orkut?

Rede social do Google ainda tem vida agitada em fóruns de comunidades e aplicativos

Comunidade "Eu Odeio Acordar Cedo" é a maior do Orkut com mais de 6 milhões de membros. Foto:Divulgação
Comunidade “Eu Odeio Acordar Cedo” é a maior do Orkut com mais de 6 milhões de membros. Foto:Divulgação

O Orkut não faz mais parte da lista de “endereços nobres” da internet mundial, mas continua sendo parte da vida de muitos usuários brasileiros (e indianos), principalmente nos fóruns de comunidades e nos aplicativos de games.

A rede social, que em 2014 completa dez anos, chegou a ter 34,4 milhões de usuários apenas no Brasil, segundo o serviço de medição de audiência comScore. Hoje, o Orkut é renegado pelo Google e até por seu próprio “pai”, o turco Orkut Büyükkokten. O programador já tem uma conta no Facebook, serviço apontado como um dos grandes responsáveis pela queda do Orkut.

Apesar de contar com “apenas” 6 milhões de usuários brasileiros, bem menos do que costumava ter nos seus anos de glória, o Orkut não está morto.

Dados divulgados pela Microsoft mostram que o termo “Orkut” foi o segundo mais procurado no Bing na área de tecnologia, perdendo apenas para “Facebook”. O Orkut ficou na frente de redes como Google +, Twitter e Instagram.

Onde estão os sobreviventes?

Os usuários ativos do Orkut são encontrados principalmente nos fóruns de comunidades para quem tem gostos mais específicos, como esportes e cultura.

Dono da comunidade Filmes e Séries – downloads, que tem mais de 260 mil membros, o controlador de acesso Sergio Vives, 44 anos, disse que entra na rede social diariamente para gerenciar a comunidade e jogar em aplicativos como Colheita Feliz, Happy Harvest e Cafemania.

— Faz tempo que não altero nada no meu perfil, nem posto mais fotos de eventos. Infelizmente, meus amigos mais próximos não usam mais o Orkut.

Para ele, as pessoas começaram a sair do Orkut por causa do Facebook. Vives diz preferir a rede social do Google porque as páginas carregam rápido e não costumam travar. Hoje, sua grande fonte de interação no Orkut, além da comunidade, são os aplicativos de jogos.

A bibliotecária Lourdes Mariano, 40 anos, também entra diariamente no Orkut. Ela já usou todos os recursos da rede social e hoje interage principalmente pelas comunidades.

— Meus amigos não usam mais o Orkut. Conheço pessoas nas comunidades que ainda têm movimento e depois falo com elas pelo Google Talk, que ainda funciona.

Para a bibliotecária, a melhor ferramenta do Orkut são os fóruns e as comunidades.

— Acho que as pessoas começaram a sair do Orkut por modismo. O Facebook não é uma rede para grupos. O individualismo tem sua cota de responsabilidade. Mas os bugs e os erros constantes e a demora na solução também ajudaram a promover a saída em massa.

Ignorado pelo Google

Vários foram os boatos de que o Google desativaria o Orkut. Apesar de negar, a empresa americana segue ignorando sua primeira rede social e voltando suas atenções para o Google +.

Dados do Ibope e do comScore mostram que, aos poucos, os esforços do Google começam a dar resultado. Enquanto o Orkut passou quase 12 meses em queda consecutiva, o Google + conseguiu manter a média de acessos.

De acordo com o Ibope, o Orkut teve 12 milhões de visitantes em janeiro de 2013. Em dezembro, o número caiu para 3 milhões. O número de visitantes do Google + variou pouco durante o ano, mantendo uma média de 7,7 milhões.

Segundo o comScore, o Orkut teve pouco mais de 5,8 milhões de visitantes únicos no mês passado (janeiro/2014), enquanto o Google + teve mais de 13 milhões.

A nova rede social do Google entretanto está longe de ser preferida. O Google + aparece na 11ª posição no ranking Serasa Experian, enquanto o Orkut aparece na frente, com o 7º lugar.

Mais populares do Orkut

Um dos recursos mais populares e ativos do Orkut, as comunidades mais famosas da rede social tinham motivações banais. A mais famosa delas é a Odeio Acordar Cedo, que mantém o título de maior comunidade do Orkut, com 6,1 milhões de membros.

A comunidade Eu amo minha MÃE! aparece em segundo lugar, com 4,5 milhões de membros. No fórum, os tópicos se resumem a jogos. Em terceiro, está a comunidade Te incomodo?? Que peeena!!!, com 4,3 milhões de usuários.

Outro recurso que divertiu os usuários nos últimos anos de sucesso do Orkut foram aplicativos como o Buddypoke – o famoso aplicativo permitia a criação de um avatar para interagir com os amigos e ainda tem 32 milhões de usuários. Outros “campeões de audiência” foram os jogos Mini Fazenda e Colheita Feliz.

Fonte:R7

Compartilhar:
    Publicidade