Obras de esgotamento interditam trecho da Antônio Basílio

A complementação do emissário de recalque da Sub-bacia 03HS e de descarga do ER-01-GS, está orçada em R$ 526 mil

Para a instalação da rede coletora serão utilizados tubos de 250mm em alguns trechos e, em outros, de 500mm. Foto: Wellington Rocha
Para a instalação da rede coletora serão utilizados tubos de 250mm em alguns trechos e, em outros, de 500mm. Foto: Wellington Rocha

Uma parte da avenida Antônio Basílio foi interditada hoje para realização de obras para implantação de parte da rede coletora de esgotos. As obras fazem parte da complementação do emissário de recalque da Sub-bacia 03HS e da descarga do ER-01-GS. A interdição foi feita no trecho entre as avenidas Romualdo Galvão e Salgado Filho, tendo continuidade posteriormente na faixa do sentido oposto. O trabalho é de responsabilidade da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) e faz parte do plano de ações do Sanear RN.

A interdição feita para a realização das obras tem causado reclamação de alguns motoristas e donos de estabelecimentos comerciais, mas eles entendem também que a obra trará bons resultados para a população. José Batista possui um comércio na avenida Antônio Basílio e disse que hoje o movimento diminuiu bastante por causa da interdição. “Esta obra atrapalhou um pouco o movimento aqui do meu comércio, geralmente os clientes vem de carro fazer suas compras, mas nesta manhã só apareceram dois. Mas eu entendo e me conformo porque essas obras são necessárias e têm que ser feitas”.

Já o bancário João Manoel de Oliveira, que estava passando no local, disse que a obra traz contratempos para ele. “Transtorno traz um pouco sim, pois temos que pegar um desvio e às vezes o desvio é mais longo, mas não resta outra opção”, disse o bancário.
O engenheiro fiscal da obra, Germano Santos, falou sobre a necessidade de realização deste trabalho. “Estamos fazendo esta obra para evitar futuras operações de manutenção, devido ao crescimento populacional da região. Com ela teremos uma folga e daqui a vários anos não precisaremos fazer a manutenção de esgotos dessa região da bacia G e H”.

A motorista particular Iracema dos Santos disse que não acha que a obra está trazendo transtorno. “Essa obra é muito importante para nós e não acho que ela seja um transtorno para os motoristas porque vai trazer benefícios para nós. Então, vamos ter paciência e fazer os desvios necessários, pois tudo isso vai valer a pena”.

Germano Santos orientou os motoristas para que procurem outras rotas para trafegar. “No final da tarde do sábado (11), o trecho já estará liberado. Enquanto isso, os motoristas devem procurar rotas alternativas para evitar transtornos”, disse o engenheiro.

A complementação do emissário de recalque da Sub-bacia 03HS e de descarga do ER-01-GS, unidades localizadas no bairro Lagoa Nova, em Natal, está orçada em R$ 526.651,42 e compreende obras que vão desde a rua Professor Almeida Barreto até a avenida Romualdo Galvão, nas proximidades do Shopping Midway Mall. Da rua Professor Almeida  Barreto até a avenida Antônio Basílio está sendo instalada a rede de emissário de recalque, com tubos  de 250mm. Já a partir do cruzamento da Antônio Basílio com a rua Dr. José Gonçalves até a avenida Romualdo Galvão será instalada a rede coletora, com tubos de 500mm. Os trabalhos começaram em dezembro de 2013 e devem ser entregues em março de 2014.

Compartilhar: