Ônibus do Carinho recebe doações de sangue até a sexta-feira

Campanha vai percorrer cidades brasileiras que sediarão jogos da Copa do Mundo

campanha-Salvar-o-Maracana-de-Vidas---Doacao-de-Sangue-JA

Roberto Campello

Roberto_campello1@yahoo.com.br

De hoje (22) até a próxima sexta-feira (25) o Ônibus do Carinho Johnson & Johnson estará estacionado em frente à Catedral Metropolitana de Natal, localizada na Avenida Deodoro da Fonseca, no Centro, para coleta de sangue. A parceria da empresa com os Hemocentros das cidades-sede dos jogos da Copa do Mundo de 2014 tem a finalidade de estimular a população a fazer doação voluntária de sangue.

A campanha “Salvar um Maracanã de vidas” faz parte do Tour Carinho promovida pela Johnson & Johnson, que vai percorrer todas as cidades brasileiras onde acontecerão os jogos da copa – com exceção de Manaus – e busca inspirar as pessoas a espalhar o cuidado através de atos grandes e pequenos, fazendo com que cada um construa um legado de solidariedade e amor ao próximo. A meta é alcançar 140 doações dia no RN nos dias que o ônibus estiver em Natal.

Natal é a sétima cidade a receber o Ônibus do Carinho. Daqui, a campanha segue para Recife, Salvador, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, que encerrará a campanha em 24 de maio. A expectativa é que ao fim da campanha seja contabilizado vinte mil doações, que salvariam 80 mil pessoas, já que cada doação pode salvar quatro vidas. A campanha já ultrapassou a marca das dez mil doações.

A diretora geral do Hemonorte, Linete Rocha, disse que o objetivo da campanha é começar a estimular a população para doar sangue, a fim de o Hemonorte conseguir fazer um estoque satisfatório de sangue para o período da Copa do Mundo em Natal. Além disso, Linete Rocha espera que neste período aumente a adesão de doadores voluntários “Para manter o estoque de sangue do Hemocentro equilibrado, em eventos de grande porte, como é o caso de uma competição mundial, precisamos de um estoque diário de 800 a 1.000 bolsas de sangue/dia”, afirmou.

Linete Rocha conta que o Hemonorte já conta com uma estrutura física e de recursos humanos para atender eventos de grande porte. “Contamos também com a retaguarda dos hemocentros de todo o Brasil, pois todos eles são interligados como se fosse uma rede, pois podemos nos socorrer de qualquer outro hemocentro de todo país. Até o mundial, todas as campanhas serão direcionadas para formar um estoque regulador para atender a Copa”, afirmou a diretora do Hemonorte.

Na manhã de hoje, um grupo de estudantes do programa Aprendiz Legal do CIEE participou da campanha. Andrea Lima de Freitas, de 20 anos, foi uma das primeiras a doar sangue. Ela conta que foi sempre teve vontade de doarr, mas tinha medo. Hoje, ela perdeu o medo e decidiu salvar vidas. “Não dói. Sentimos apenas um incômodo, mas a felicidade que temos ao saber que podemos salvar vidas com um simples gesto é muito maior do que isso. Recomendo a todos a doares, pois hoje estamos doando, mas amanha pode ser que precisemos”, destacou a estudante.

A Johnson & Johnson é a patrocinadora oficial da área de cuidados com a saúde da copa do mundo da FIFA 2014 e visa conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue, mostrando que este é um ato que pode salvar vidas e um dos maiores carinhos que se pode fazer para cuidar do próximo.

Condições para doar sangue:

Para que a pessoa possa tornar-se um doador de sangue tem que seguir alguns requisitos, como sentir-se bem e com saúde, apresentar um documento com foto, válido em território nacional, ter idade entre 16 e 67 anos (“menores de idade” podem doar somente acompanhados de um dos pais, e maiores de 65 anos somente se já forem doadores fidelizados), pesar 50 Kg ou mais, estar bem alimentado e ter dormido pelo menos 6h na noite anterior à doação.

Compartilhar:
    Publicidade