Operação do Ibama apreende 10 mil arribaçãs mortas e congeladas no interior do RN

O carregamento com as arribaçãs apreendidas foi doado a instituições de caridade

Arribaças foram encontradas mortas e congeladas. Foto:Divulgação
Arribaças foram encontradas mortas e congeladas. Foto:Divulgação

Uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreendeu 10 mil aves arribaçãs abatidas nesta quarta-feira (19) em uma vila no município de Jardim de Piranhas, na região Seridó do Rio Grande do Norte. No mesmo local foram apreendidas outras 1.600 aves na terça-feira (18). Ninguém foi preso.

Batizada de Migratórios, a operação objetiva combater a caça de aves na região Seridó do estado. As arribaçãs foram encontradas mortas e congeladas em freezers. “A vila ficava na margem do rio Piranhas. Temos a informação que a venda destas aves no local abastece 90% do comércio de Natal e Caicó”, explica Jaime Pereira, chefe do Ibama em Mossoró, na região Oeste do estado.

Operação Migratórios combate caça ilegal de animais silvestres no Seridó. Foto: Divulgação
Operação Migratórios combate caça ilegal de animais silvestres no Seridó. Foto: Divulgação

O coordenador da operação Migratórios acrescenta que os dois proprietários dos comércios onde aconteceram as apreensões fugiram do local.

Fonte:Globo.com

Compartilhar: