Operação Lei Seca realizada na noite desta quarta apreendeu 42 CNHs

Ao todo, 20 pessoas participaram da Operação, que contou com o apoio do Comando da Polícia Rodoviária Estadual

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Operação Lei Seca teve mais um capítulo no Estado nesta noite. Comandada pela Coordenação de Fiscalização e Educação do Detran/RN, as barreiras montadas foram responsáveis pela retenção de 42 carteiras de motoristas, das quais 11 enquadradas como crime e os motoristas conduzidos à Delegacia de Plantão.

As blitzen ocorreram em dois pontos: nas Avenidas Ayrton Senna e Engenheiro Roberto Freire, iniciadas simultaneamente por volta da meia-noite. Ao todo, 20 pessoas participaram da Operação, que contou com o apoio do Comando da Polícia Rodoviária Estadual.

De acordo com o Coordenador do Detran, Adryano Barbosa, 480 motoristas foram submetidos ao teste do bafômetro. Ele discriminou também que em levantamento realizado pelo Departamento, houve o registro de 1.162 retenções de CNHs nos quatro primeiros meses do ano. Destes, 303 foram enquadrados como crime, ocorrendo a trangressão ao artigo 306, quando a concentração no sangue é maior que 0,34 miligramas de álcool por litro de ar. Neste caso, o condutor é levado para a delegacia e pode ficar preso de seis meses a três anos, além da multa e suspensão do direito de dirigir.

Caso, mesmo com a CNH suspensa, o infrator seja flagrado conduzindo qualquer veículo, o Código de Trânsito prevê a cassação do direito de dirigir obrigatoriamente por dois anos. Após esse período, o interessado poderá requerer sua reabilitação, submetendo-se a todos os exames necessários à habilitação.

Compartilhar:
    Publicidade