Operário cai e morre após acidente nas obras da Arena Corinthians

O trabalhador chegou ao local às 11h e teve o óbito decretado cinco horas depois no centro cirúrgico.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O ajudante geral Fabio Hamilton da Cruz morreu neste sábado depois de sofrer acidente nas obras da Arena Corinthians. O operário participava da instalação de uma das arquibancadas provisórias que estão sendo instaladas no estádio que receberá a abertura da Copa do Mundo e sofreu uma queda às 10h45. Cruz foi levado ao Hospital Santa Marcelina, em Itaquera, mas não resistiu aos ferimentos. Natural de Diadema, ele tinha 23 anos.

A informação foi confirmada pela assesssoria do hospital. O trabalhador chegou ao local às 11h e teve o óbito decretado cinco horas depois no centro cirúrgico. O operário fazia parte da empresa WDS Construções, contratada pela Fast Engenharia para a montagem dos pisos das arquibancadas provisórias do setor sul da Arena Corinthians.

Plantonista do 24° DP de Itaquera, o delegado Rafael Pavarina afirmou que, pela apuração inicial, o acidentado usava equipamento de segurança enquanto trabalhava na montagem de um tablado. O Boletim de Ocorrência aponta que Cruz sofreu uma queda de nove metros. Segundo o Corpo de Bombeiros, entretanto, Cruz caiu de uma altura de 15 metros, enquanto a assessoria de imprensa da Fast Engenharia deu outra versão para a altura, que seria de oito metros.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública, o delegado foi ao local e viu sangue no chão, além de óculos de proteção e luvas caídas onde ocorreu o acidente. No hospital, ele conversou com o técnico de segurança da construtora e pediu perícia na obra. O boletim foi registrado como queda acidental.

No final do ano passado, a queda de um guindaste usado para instalar uma peça metálica da cobertura da arena matou dois operários: Fábio Luiz Pereira, 42 anos, e Ronaldo Oliveira dos Santos, 44 anos. O acidente atrasou as obras, e a expectativa é que o palco da abertura do Mundial seja entregue no dia 15 de abril à Fifa.

Fonte:Terra

Compartilhar: