Oportunidade de negócios em Miami vem atraindo bastante brasileiros

As alternativas de franquias vão desde postos de entregas de encomendas, até uma grande rede de fast food

Recomeçar do zero em outro país ou expandir seus investimentos. Independente do seu objetivo, colocar dinheiro em franquias nos Estados Unidos tem demonstrado ser um bom negócio, com um retorno médio de até 18%. Segundo Alex Wolak, da Elite International Realty, imobiliária localizada em Miami, em média três empresários brasileiros procuram orientação sobre esse tipo de investimento por mês.

O primeiro passo para adquirir uma franquia fora do país, explica ele, é preencher um formulário de inscrição com dados básicos – caso aprovado, o candidato recebe um kit com informações mais detalhadas sobre o negócio. Os passos seguintes são realizar o depósito e visitar a central da franquia escolhida, que pode estar localizada em qualquer estado dos EUA.

Brasileiros estão sendo atraídos por novos negócios em Miami, Estados Unidos. Foto: Divulgação
Brasileiros estão sendo atraídos por novos negócios em Miami, Estados Unidos. Foto: Divulgação

Wolak diz que as alternativas de franquias vão desde negócios menores, como postos de entregas de encomendas, até uma grande rede de fast food, como Burger King e Wendy’s. O investimento pode iniciar em torno de US$ 150 mil (R$ 330 mil) para pequenos empreendimentos e, facilmente, atingir a cifra de US$ 1 milhão (R$ 2,2 milhões), variando de acordo com o conceito escolhido.

Para os que têm pressa em começar a obter renda com o empreendimento, há a possibilidade de adquirir uma franquia de “virar a chave”, ou seja, comprar uma loja já existente, o que garante a possibilidade de faturamento desde o primeiro dia.

Essa demanda de novos investidores oriunda do Brasil fez com que a Elite International Realty criasse um departamento para atender exclusivamente clientes brasileiros, que até o momento investiam apenas em imóveis residenciais nos EUA. A grande procura por esses empreendimentos já chama a atenção, fazendo com que as franquias passassem a integrar a carteira de opções oferecidas em feiras organizadas para investidores brasileiros.

Compartilhar: