Padre que cobra dízimo pelo cartão cria, desta vez, o ‘disque-dízimo’

Motoqueiro vai à casa do fiel com a máquina portátil de débito ou crédito

87OI78O7I67I67I67I

O padre Genival Pessotto, responsável pela Igreja de Nosso Senhor do Horto e São Lázaro, em Itu, na região de Sorocaba, inovou mais uma vez depois de ter passado a cobrar o dízimo pelo cartão de crédito no último dia 26 de abril: agora ele criou o “disque-dízimo”, ou seja, a igreja leva a máquina do cartão ao fiel.

O trabalho é realizado pela Pastoral do Dízimo da paróquia. Se o seguidor da igreja quer pagar a contribuição para ajudar nas obras tocadas pelo religioso e não tem tempo de ir até lá, ele avisa e um motoqueiro vai à casa dele com a máquina portátil. Assim, os pagamentos são feitos como quando se pede pizza.

Para o padre, a medida não descaracteriza o papel do dízimo e nem muda a imagem da igreja. “Estamos apenas modernizando o sistema de cobrança, que hoje é usado por qualquer estabelecimento”, disse. A responsável pela cobrança, Arlete Teles Ianni, afirma que o sistema tem agilizado a cobrança.

 

Fonte: RAC

Compartilhar: