Pai de colombiano Zuñiga relata medo e ameaças após lesão de Neymar

Camilo Zuñiga afirma que família ainda precisa andar com seguranças e lembra que seu filho pediu desculpas e o craque brasileiro aceitou

Zuñiga faz dura falta e tira Neymar da Copa. Foto: Divulgação
Zuñiga faz dura falta e tira Neymar da Copa. Foto: Divulgação

O dia 4 de julho de 2014 vai ficar marcado para sempre na vida do lateral-direito Zuñiga, jogador do Napoli e da seleção colombiana. As consequências daquele dia também não vão mais sair da memória do atleta, e muito menos da sua família. Um lance equivocado, uma dura entrada e o principal craque da Seleção Brasileira, Neymar, fora da Copa do Mundo. Com este enredo, como se já não bastasse a eliminação da Colômbia após derrota por 2 a 1 para o Brasil, tristeza e tensão entraram em cena. E com requintes de crueldade, com o atleta sendo ameaçado de morte por ter causado uma fratura em uma vértebra da região lombar do craque do Barcelona.

Em entrevista exclusiva ao LANCE, Camilo Zuñiga, pai do jogador colombiano, revela momentos de tensão, racismo, ameaças e a necessidade de a família andar com seguranças depois de tudo o que seu filho sofreu ao lesionar Neymar em uma Copa do Mundo realizada no Brasil.

O Pai de Zuñiga lembra também que será difícil seu filho realizar um antigo desejo. Certa vez, quando veio jogar no Maracanã pela Colômbia contra a Seleção Brasileira, pelas Eliminatórias para a Copa de 2010, Zuñiga relatou que tinha o sonho de jogar no futebol brasileiro. Diante de todos os acontecimentos depois do Mundial, porém, essa situação passa a ser improvável. Pelo menos, num futuro próximo.

 

“Até por motivo de segurança para ele e sua família, não tem clima. Não é um momento adequado, até porque ele está feliz e satisfeito no Napoli. Tem tudo o que deseja”, afirmou Camilo Zuñiga.

Ameaças:

“Ouvimos comentários maldosos e recebemos ameaças pela internet e pelo telefone. Já falamos com as autoridades. É normal, como pai, ficar preocupado. Foram mensagens malucas e grosseiras. Temo não só pelo meu filho, como também por sua filha e sua esposa”

Segurança:

“Andamos com segurança por conta de tudo o que sofremos. Mas é momentâneo. Penso que a poeira vai baixar e poderemos retomar nossa vida com tranquilidade”

Lance do jogo:

“Neymar já o absolveu. Meu menino não teve culpa. Zuñiga é totalmente contra a violência e não tem histórico de jogadas maldosas. Quem o ofende não entende nada de futebol. Fizeram muitas interpretações erradas daquela jogada. Infelizmente, Neymar ficou fora da Copa, mas terá um futuro brilhante pela frente”

Coisas do futebol:

“O que aconteceu com Neymar acontece com os melhores jogadores. As lesões fazem parte do futebol. Meu filho já pediu desculpas publicamente e já se explicou”

Racismo com Zuñiga:

“Foram mensagens infelizes. E preocupa muito esse comportamento depois de um jogo de futebol”

Fonte: Lancenet

Compartilhar:
    Publicidade