Pai espanca brutalmente estuprador ao flagrá-lo abusando seu filho de 11 anos

O chefe da polícia disse que o pai estava apenas “agindo como pai” e não será acusado de nenhum crime pelo espancamento

Pai, extremamente revoltado, agrediu brutalmente estuprador que estava abusando de seu filho de apenas 11 anos. Foto: Divulgação
Pai, extremamente revoltado, agrediu brutalmente estuprador que estava abusando de seu filho de apenas 11 anos. Foto: Divulgação

O pai, de 35 anos que não teve seu nome revelado, disse ao operador do serviço de emergência 911: “Eu acabei de encontrar um homem adulto molestando meu filho. Eu o tenho em uma poça de sangue agora para você, policial”.

A polícia chegou à casa em Daytona Beach, na Flórida, EUA, para prender Raymond Frolander, de 18 anos, que estava inconsciente.

O rapaz estava com várias contusões, lacerações, e inchaço, mostrando que havia passado por uma longa agressão física.

“Ele está inconsciente?”, perguntou o policial. “Sim… eu bati muito forte, senhor”, respondeu o pai.

O pai acrescentou: “Ele se levantou quando cheguei e suas calças estavam abaixo do tornozelo e nada mais precisa ser dito. Eu fiz tudo o que eu tenho o direito de fazer, mas eu não o matei”.

O pai disse que havia saído de casa de madrugada para comprar comida e, quando voltou, ouviu um barulho estranho vindo do quarto do filho. Ele abriu a porta e encontrou Frolander realizando atos sexuais na criança.

O garoto contou que estava brincando de videogames com os amigos, mas quando eles foram embora, Frolander o levou para o quarto e puxou suas calças. Ele ainda revelou que o adolescente estava cometendo abusos há 3 anos.

O chefe da polícia disse que o pai estava apenas “agindo como pai” e não será acusado de nenhum crime pelo espancamento.

O adolescente está sendo acusado de agressão sexual em uma criança menor de 12 anos e foi detido, sem direito a fiança.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade