Pai espanca filhos de 3 e 4 anos, culpa madrasta e depois assume

Madrasta teria sido primeira suspeita, mas pai admitiu a culpa.

Cheng e sua irmã de três anos foram brutalmente espancados pelo pai. Foto:Divulgação
Cheng e sua irmã de três anos foram brutalmente espancados pelo pai. Foto:Divulgação

Um menino de quatro anos, de sobrenome Cheng, que estava coberto por hematomas e contusões vagando em uma pequena vila de Dongguan, na China, despertou a compaixão das pessoas no local no dia 23 de janeiro.

A polícia resolveu intervir no caso e descobriu que Cheng e sua irmã de três anos haviam sido brutalmente espancados pelo pai. Vizinhos das crianças acreditavam que a madrasta era a responsável pela covardia, mas depois o pai, Xiong, admitiu a culpa. Ele também disse que fez isso mais de dez vezes em apenas um mês.
Antes o pai havia dito que a namorada era a responsável. Os vizinhos disseram que já viram a mulher batendo nas crianças, mas nenhuma prova contra ela foi encontrada até o momento.

Fonte:Bol

Compartilhar:
    Publicidade