Pai mata esposa e bebê e coloca corpos embaixo de caminhão

Homem quis aparentar calma ao atender policiais, mas terminou assumindo a autoria dos crimes

Corpos foram abandonados embaixo de caminhão. Foto:Divulgação
Corpos foram abandonados embaixo de caminhão. Foto:Divulgação

Um homem de 24 anos foi preso na madrugada desta terça-feira acusado de matar sua mulher e a própria filha, de 1 ano e 8 meses, em Limeira, interior de São Paulo. O crime ocorreu na Vila Castelar e, após asfixiar as vítimas, o suspeito colocou os dois corpos embaixo de veículos estacionados no bairro.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo de Cristiane Silva Carvalho, 26 anos, foi encontrado por volta das 23h de segunda-feira embaixo de um Chevette estacionado na rua Campos Sales. A suspeita inicial era de que Cristiane havia sido atropelada, mas a hipótese foi descartada pela Polícia Militar porque a vítima não possuía escoriações pelo corpo.

“A casa em que ela morava com o marido fica praticamente em frente ao local onde o veículo estava parado. Os policiais então bateram na porta e foram atendidos por Simon Campos Malaman, que inicialmente aparentou calma”, conta o delegado José Henrique Ventura, da Seccional de Limeira.

“Só depois de um tempo ele assumiu que tinha matado a mulher”, completa Ventura. A filha do casal não foi encontrada dentro da casa. Depois de duas horas, Simon assumiu que também havia matado a criança e indicou o local onde teria colocado o corpo: próximo a roda de um caminhão estacionado perto da rua Campos Sales.

Os dois corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) e ficou constatado que as vítimas morreram asfixiadas. “O laudo mostra asfixia mecânica pura, aquela provocada com as mãos”, afirma o delegado.

Simon foi autuado em flagrante por duplo homicídio qualificado e encaminhado ao CDP de Piracicaba. O inquérito deve ser finalizado em até 10 dias.

Fonte:Terra

Compartilhar: