Palmeiras cita “stress de Assis” como vilão por Ronaldinho Gaúcho

Assis sempre dificulta as negociações do irmão

Paulo Nobre lembrou que em outra oportunidade já teve uma negociação frustrada com Ronaldinho. Foto: Divulgação
Paulo Nobre lembrou que em outra oportunidade já teve uma negociação frustrada com Ronaldinho. Foto: Divulgação

De acordo com o Palmeiras, o estafe do Ronaldinho foi o principal culpado pelo fracasso na negociação entre as duas partes. O clube alega que atendeu todas exigências do jogador e fez os acertos necessários, inclusive o pagamento de uma taxa de transferência para a Federação Mineira de Futebol. Porém, Assis, irmão e empresário de Ronaldinho, teria se estressado e desistido.

A explicação do Palmeiras aconteceu na noite desta terça-feira, durante a festa pelos 100 anos do clube, realizada em uma casa de shows na Zona Sul de São Paulo. O presidente Paulo Nobre comentou a negociação apenas brevemente, alegando que o vice-presidente Mauricio Galiotte foi quem comandou o contato com Ronaldinho e Assis.

Mas o mandatário afirmou que o Assis foi o principal vilão do fracasso no acerto: “sabemos que não é um estafe fácil. O jogador também não é uma negociação corriqueira. Não foi a primeira vez, já houve um aperto de mão comigo, mas no dia seguinte foram para o Atlético-MG”.

De fato foi Mauricio quem conseguiu dar mais detalhes sobre o que aconteceu nos últimos instantes da negociação: “tudo que foi reivindicado o Palmeiras acertou. Chegamos a um consenso. Hoje (terça-feira), durante o dia, a negociação estava fechada. A documentação inclusive. Mas nós recebemos a notícia que o Assis tinha estressado. Então, se estressaram antes do jogador chegar, acabou, não tem o que fazer”, contou ele.

O Palmeiras precisava fechar a transação nesta terça porque queria contar com o jogador na Copa do Brasil – e esta era a data em que se encerrava o prazo para novas inscrições. Com pressa, o time alviverde chegou a pagar uma taxa de R$ 600 para Federação Mineira de Futebol para receber os documentos necessários para a transação. Agora o dinheiro será devolvido ao clube. O time alviverde informou em seu Twitter que a negociação foi dada como encerrada às 18h (de Brasília), nesta terça.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade