Palmeiras vence após 3 meses, deixa lanterna e alivia crise

Última vitória da equipe paulista havia sido em 22 de maio

Juninho foi ao autor do gol da vitória. Foto: Divulgação
Juninho foi ao autor do gol da vitória. Foto: Divulgação

O Palmeiras, enfim, voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Após dez rodadas sem vitória na Série A, a equipe paulista bateu o Coritiba, por 1 a 0, neste sábado, no Pacaembu, e voltou a respirar na competição nacional. O triunfo, que tira o clube da lanterna da competição, também deve manter o técnico argentino Ricardo Gareca, que chegou a declarar que uma derrota poderia ser o limite no comando da equipe.

A última vitória da equipe alviverde no torneio havia acontecido no longínquo 22 de maio, contra o Figueirense, por 1 a 0, ainda sobre o comando de Alberto Valentim, interino que assumiu o time após a demissão de Gilson Kleina.

Na noite deste sábado, Gareca fez apenas uma alteração na equipe que costuma colocar em campo. Ao invés de entrar com o jovem Victor Luis, o técnico argentino apostou na entrada de Juninho na lateral esquerda. A opção deu certo: o jogador fez uma boa partida e ainda marcou o gol da vitória palmeirense aos 13min do primeiro tempo. Sentindo a falta de ritmo, Juninho acabou substituído aos 25min da etapa final.

Com o resultado, o Palmeiras garante o centenário do clube, que será comemorado na próxima terça-feira (26), longe da lanterna e, provisoriamente, fora da zona de rebaixamento. Agora, o time paulista soma 17 pontos e fecha o sábado na 15ª posição. Já o Coritiba segue na degola, em 18º, com 15 pontos.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Internacional, sábado (30), às 18h30, no Pacaembu. Já o Coritiba pega o Atlético-MG, domingo (31), às 16h, no Couto Pereira.

Palmeiras domina e abre o placar

Apesar do nervosismo em campo, o Palmeiras chegava com mais perigo no ataque. A primeira chance clara de gol aconteceu aos 9min. Pela direita, Henrique dominou e rolou para Allione, que bateu forte, de primeira. Vanderlei faz grande defesa.

Melhor em campo, o Palmeiras não demorou para abrir o placar. Aos 13min, Marcelo Oliveira arrancou pelo meio e deixou o lateral esquerdo na cara do gol. O camisa 6 acertou um chute cruzado certeiro, no canto esquerdo do goleiro Vanderlei.

Sem o meia Alex, que está contutido, o Coritiba sentiu dificuldade na armação das jogadas e pouco assustou os donos da casa. O Palmeiras ainda poderia ter ampliado o marcador aos 28min. Wesley levantou bola da direita, Lúcio foi puxado por Leandro Almeida e o árbitro marcou pênalti. Após consultar o assistente, o juiz voltou atrás e anotou, corretamente, o impedimento do zagueiro.

Se a partida já estava difícil para o Coritiba, Leandro Almeida fez questão de piorar o cenário para os paranaense. Aos 45min, o zagueiro capitão acertou um carrinho por trás de Mouche e acabou expulso de campo.

Com um a mais, o Palmeiras não sofreu tantos riscos na etapa final. Controlando a partida, a equipe alternou entre ficar com a posse de bola e apostar nos erros do Coritiba, que, mesmo a expulsão, precisa tentar empatar o jogo no Pacaembu.

A primeira oportunidade saiu dos pé de Wesley. O volante cobrou falta fechada, Tobio fez leve desvio e a bola saiu rente ao poste direito.

O único lance de perigo dos visitantes aconteceu aos 15min. Robinho cobrou falta da meia esquerda e Tobio cabeceou contra o próprio gol, mas a bola saiu à esquerda da meta defendida por Fábio.

O Palmeiras teve a oportunidade de matar o jogo aos 23min. Juninho chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro para o meio. Henrique, sem marcação, bateu desequilibrado para fora e desperdiçou grande chance de fazer o segundo e acabar com o sofrimento palmeirense.

O Coritiba ainda esboçou uma pressão no final da partida. Aos 39min, Tobio cortou mal, Elber dominou no bico da área e arriscou o chute cruzado. A bola passou rente ao poste direito, assustou a torcida, mas não foi suficiente para mudar o placar no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 0 CORITIBA

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 23 de agosto de 2014, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcos Andre Gomes da Penha (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti (ambos do ES)
Assistentes adicionais: Devarly Lira do Rosario e Felipe Duarte Varejão (ambos do ES)
Cartões Amarelos: Tobio, Marcelo Oliveira, Leandro, Wendel, Gabriel Dias, Henrique (Palmeiras), Welinton, Baraka, Robinho e Zé Eduardo (Coritiba)
Cartão Vermelho: Leandro Almeida (Coritiba)
Gol: PALMEIRAS: Juninho, aos 13 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Fábio; Wendel (Gabriel Dias), Lúcio, Tobio e Juninho (Victor Luís); Marcelo Oliveira e Wesley; Mouche (Mendieta), Allione e Leandro; Henrique
Técnico: Ricardo Gareca

CORITIBA: Vanderlei, Reginaldo, Welinton, Leandro Almeida e Denner; Baraka, Hélder, José Rafael (Geraldo) (Elber) e Robinho; Zé Love e Keirrison (Luccas Claro)
Técnico: Celso Roth

Fonte: Terra

Compartilhar: