Papa Francisco é eleito “personalidade do ano” por revista norte-americana

Francisco é o primeiro latino-americano e o primeiro jesuíta a se tornar papa

O papa tem seu foco na compaixão e "se tornou a nova voz da consciência". Foto: Divulgação
O papa tem seu foco na compaixão e “se tornou a nova voz da consciência”. Foto: Divulgação

O papa Francisco foi eleito a “personalidade do ano” pela revista norte-americana “Time”.

O pontífice concorria com Bashar Assad (ditador sírio), Jeff Bezos (fundador da Amazon), Ted Cruz (senador do Estado do Texas), Miley Cyrus (cantora), Barack Obama (presidente dos EUA), Hasan Rowhani (presidente do Irã),Kathleen Sebelius (Secretária de Saúde e Serviços Humanos dos EUA), Edward Snowden (ex-integrante da NSA) e Edith Windsor (ativista pelos direitos dos homossexuais).

Segundo a editora da Time Nancy Gibbs, o papa tem seu foco na compaixão e “se tornou a nova voz da consciência”.

“Poucas vezes, um novo ator do cenário mundial captou tanta atenção de maneira tão rápida –de jovens e velhore, crentes e céticos– como fez o papa Francisco”, escreveu.

“Em nove meses no trono, Francisco se colocou no centro das principais conversas de nossa época: sobre riqueza e pobreza, imparcialidade e justiça, transparência, modernidade, globalização, o papel da mulher, a natrureza do matrimônio, as tentações do poder”, afirmou.

O cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio se tornou no dia 13 de março o pontífice de número 266 da Igreja Católica e sucedendo o agora papa emérito Bento 16, que supreendeu o mundo ao renunciar ao trono de São Pedro no dia 28 de fevereiro.

Francisco é o primeiro latino-americano e o primeiro jesuíta a se tornar papa. Sua primeira viagem oficial como líder máximo da Igreja Católica foi ao Brasil, em julho, onde participou da 28ª Jornada Mundial da Juventude.

Desde 1927, a principal revista semanal norte-americana escolhe a pessoa que mais influenciou no ano. Em 2012 pela segunda vez depois de 2008, o presidente norte-americano Barack Obama foi o escolhido para receber o título.

 

Fonte: Uol

Compartilhar: