Paquistaneses que comeram corpo de bebê são condenados a 11 anos

Os dois irmãos já foram presos em 2011 também por canibalismo

Os dois irmãos já foram presos anteriormente. Foto: Divulgação
Os dois irmãos já foram presos anteriormente. Foto: Divulgação

A Justiça paquistanesa condenou nesta quarta-feira (11) a 11 anos de prisão dois irmãos por terem comido o corpo de um bebê, informou o oficial da polícia, Shakir Husain Dawar.

Os dois foram detidos em abril passado, no remoto povoado de Darya Khan, em Punyab, depois de terem cozinhado e comido um bebê exumado de um cemitério vizinho.

A polícia encontrou a cabeça do recém-nascido na casa em que os irmãos de cerca de 30 anos moravam em completo isolamento.

Os dois, abandonados há anos pela família, sofrem de problemas mentais e foram presos em 2011 por um caso similar e libertados no ano passado.

No caso de 2011, a polícia achou o corpo de uma mulher de 24 anos na casa dos irmãos. O corpo estava sem uma das pernas, que foi comida pelos dois irmãos.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade