PC do B pode indicar candidato a vice-governador na chapa de Robinson

Fábio Dantas, do PC do B, afirmou que só vai discutir chapa majoritária depois que fechar a proporcional, que é prioritária

6u65u5445u5

Um dos dirigentes do PC do B no Rio Grande do Norte, o deputado estadual Fábio Dantas, afirmou na manhã de hoje que não descarta que o seu partido venha a indicar o vice-governador na chapa do pré-candidato do PSD a governador, Robinson Faria. O partido foi sondado para compor como vice a chapa de Robinson, mas só vai discutir a chapa majoritária após o fechamento da proporcional – disputa de deputados estaduais e federais. “A prioridade do partido continua sendo a eleição proporcional, mas a gente vai analisar todas as alternativas”, afirmou Fábio, em contato esta manhã com a reportagem de O Jornal de Hoje. “A prioridade número zero é a eleição proporcional, eleger uma bancada do PC do B, mas para isso precisa unir outros partidos”, completa.

Entre os nomes que poderiam ser indicados pelo PC do B como vice de Robinson Faria está o do vereador George Câmara. O parlamentar é um dos pré-candidatos do PC do B a deputado estadual e seria almejado pelo grupo de Robinson. “Depois de discutir essa prioridade, que é a eleição proporcional, discutiremos a eleição majoritária”, repetiu Fábio. Em sua visão, mais importante que discutir nomes, se o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB), ou o vice Robinson Faria, o PC do B pretende debater um projeto para o Rio Grande do Norte. “Continuou dizendo que o mais importante, antes de nomes, é o projeto para o RN. Até agora não vi ninguém, nem Henrique, nem Robinson, apresentarem projetos”, afirmou. “Quero saber qual candidato resolverá o problema do RN, quem é a solução?”, indagou.

Depois de resolver a questão proporcional, o PC do B discutirá a majoritária, para saber quem dos dois, Henrique ou Robinson, possui viabilidade eleitoral. “A gente vai analisar primeiramente, se dentro do grupo de Robinson ou Henrique existe a viabilidade partidária”, afirma. No tocante à proporcional, o PT seria um entrave à composição com Robinson, haja vista o partido do deputado estadual Fernando Mineiro não querer coligar com o PC do B. “O PC do B tem prioridade que colocou em varias reuniões, que é a eleição da bancada do PC do B na Assembleia Legislativa. Depois que garantir a bancada, vai pensar na majoritária”, diz.

Compartilhar:
    Publicidade