Pelo hexa, CBF pagará bicho de R$ 1,3 milhão para cada jogador

Marin topou aumentar a bolada em 30% na comparação com o Mundial de 2010, na África do Sul, quando a CBF era administrada por Ricardo Teixeira

Parreira e Felipão foram os responsáveis pelo acerto do prêmio com Marin. Foto: Divulgação
Parreira e Felipão foram os responsáveis pelo acerto do prêmio com Marin. Foto: Divulgação

O hexacampeonato vai valer o maior prêmio já pago pela CBF em sua história aos jogadores da seleção brasileira. O Blog apurou com uma pessoa próxima a José Maria Marin, presidente da entidade, que o título da Copa do Mundo garantirá R$ 1,3 milhão para cada um dos 23 convocados.

Marin topou aumentar a bolada em 30% na comparação com o Mundial de 2010, na África do Sul, quando a CBF era administrada por Ricardo Teixeira. O acréscimo é superior aos 16% de reajuste oferecido pela Fifa como prêmio à federação de futebol campeã.

Desta maneira, em caso de título, a CBF embolsará R$ 79,4 milhões da Fifa e repassará R$ 29,9 milhões aos atletas. Todos os demais integrantes da comissão técnica, incluindo Felipão, Murtosa e Parreira, ficarão com outros R$ 10 milhões.

A comparação entre o bicho da Copa do Mundo e o da Copa das Confederações, vencida pelo Brasil em 2013, é assustadora. Cada jogador embolsou “apenas” R$ 80 mil, prêmio 16 vezes inferior ao do Mundial.

O último título mundial, conquistado em 2002, no Japão e na Coreia do Sul, rendeu R$ 420 mil por atleta. Coincidência ou não, o Brasil era treinado por Felipão na oportunidade.

Neymar, Thiago Silva, Fred, David Luiz e cia. ainda não foram informados sobre o prêmio. Diferentemente de das Copas anteriores, os atletas ficaram de fora do acerto, e foram representados por Felipão e Parreira. “Eles têm uma ascensão grande sobre os atletas e, com a experiência de várias Copas, foram os condutores da negociação com o presidente”, afirma um braço direito de Marin.

O que dá para fazer com R$ 1,3 milhão:

– Comprar o mais completo Porsche Cayenne (Turbo S), com seguro e IPVA quitados
– Pagar um mês da prestação anual do iate Azimutch 78, adquirido por Neymar
– Contratar 86 shows do Mc Guimé
– Completar 6.500 álbuns de figurinha da Copa do Mundo
– Bancar 26 noites ao melhor estilo Rei do Camarote
– Alugar durante 32 meses a mansão de Alexandre Pato em Aplhaville
– Almoçar diariamente por quase 18 anos em uma churrascaria de alto padrão

Fonte: IG

Compartilhar: