Pelo menos seis prefeitos potiguares estão na disputa por prêmios

Gestores públicos de Passa e Fica, Baia Formosa, Bom Jesus, Currais Novos, Lucrécia e Parelhas disputam nesta terça-feira (3) um dos troféus da etapa nacional do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

76UI67I67I6I

Os vencedores da etapa nacional da 8ª edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor  serão conhecidos nesta terça-feira (3), em solenidade realizada em Brasília (DF). O Sebrae irá premiar 12 prefeitos que elaboraram e implantaram os melhores projetos de incentivo aos pequenos negócios no Brasil entre os anos 2012 e 2013. Foram selecionados 123 projetos finalistas de um universo de 1.348 inscrições.  A divulgação dos vencedores e a entrega dos troféus será na sede do Sebrae Nacional, às 18 horas.

Do Rio Grande do Norte, concorrem aos troféus da premiação os vencedores da etapa estadual. Estão no páreo Pedro Augusto Lisboa, o Pepeu, (Passa e Fica), Nivaldo Melo (Baia Formosa), Edmundo Aires de Melo Júnior (Bom Jesus), José Vilton Cunha (Currais Novos), Antônio Walter de Araújo (Lucrécia) e Francisco Assis de Medeiros (Parelhas), que competem em categorias distintas: Melhor Projeto, Lei Geral Implementada, Compras Governamentais, Novos Projetos, Pequenos Negócios no Campo e Desburocratização, respectivamente.

Ao longo de seus 13 anos de existência, a iniciativa já recebeu mais de sete mil inscrições e reconheceu nacionalmente o trabalho de 55 gestores municipais que identificaram nas micro e pequenas empresas uma importante ferramenta de desenvolvimento econômico sustentável. O objetivo do Sebrae com a premiação é incluir o empreendedorismo definitivamente na agenda da gestão municipal, a exemplo da saúde, educação, segurança e infraestrutura.

Entre as novidades dessa edição, estão as categorias de projetos que exploram as oportunidades geradas aos pequenos negócios pelos grandes eventos esportivos e trabalhos que ainda estão em fase de desenvolvimento pelos prefeitos que assumiram a gestão dos municípios nas últimas eleições. Também são premiados iniciativas inscritas nas categorias: Melhor Projeto do Estado, Lei Geral Implementada, Compras Governamentais, Desburocratização e Pequenos Negócios no Campo.

Os trabalhos vencedores devem focar pelo menos uma das seguintes áreas de atuação: planejamento e infraestrutura para o desenvolvimento econômico e social local, desburocratização, formalização da economia local, política tributária para os pequenos negócios, compras públicas locais, acesso a inovação e tecnologia, representação, cooperação e associativismo, acesso a crédito e serviços financeiros, capacitação e empreendedorismo, promoção do desenvolvimento rural e Lei Geral Municipal.

 

Fonte: Sebrae

Compartilhar:
    Publicidade