Pentacampeão Marcos desaprova Messi melhor da Copa: “tá de brincadeira”

O craque recebeu o troféu das mãos do presidente da Fifa, Joseph Blatter, mas o ergueu de maneira discreta

Campeão mundial em 2002, o ex-goleiro Marcos criticou a escolha da Fifa. Foto: Divulgação
Campeão mundial em 2002, o ex-goleiro Marcos criticou a escolha da Fifa. Foto: Divulgação

O goleiro Marcos, pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira em 2002, desaprovou a escolha do Argentino Lionel Messi como o melhor jogador da Copa do Mundo do Brasil. O argentino recebeu o prêmio após a seleção sul-americana ser derrotada na final pela Alemanha por 1 a 0, na prorrogação.

“Essa Fifa ta de brincadeira!! O melhor jogador da Copa foi o Messi? Vocês concordam? Eu não!!!”, reclamou o ex-goleiro do Palmeiras e da Seleção Brasileira.

A Fifa escolheu o argentino Lionel Messi como melhor jogador da Copa do Mundo de 2014. Mesmo derrotado na final, recebeu a honraria na tribuna do Maracanã, com olhar abatido logo após a derrota dentro de campo em partida que esteve apagado – ao lado do argentino estava o goleiro alemão Manuel Neuer, eleito o melhor da posição na Copa.

Autor de quatro gols, todos na primeira fase, Messi foi decisivo contra a Suíça, mas foi parado pelas marcações nos últimos três jogos do Mundial. Diante da Alemanha, teve uma chance clara no segundo tempo, mas desperdiçou o lance.

Chateado com o vice-campeonato, Messi não chorou ao final da partida, porém se manteve o tempo inteiro em silêncio e sem conversar com os companheiros. O craque recebeu o troféu das mãos do presidente da Fifa, Joseph Blatter, mas o ergueu de maneira discreta.

Fonte: Terra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar: