Moradores do RN são as maiores vítimas de crimes no NE e 3º lugar no País

As sete primeiras posições da lista da pesquisa nacional de vitimização são ocupadas por Estados dessas regiões; no Amapá, quase metade da população diz já ter sido alvo de criminosos

Insegurança é o principal problema enfrentado pela pupulação do Estado. Foto:Dvulgação
Insegurança é o principal problema enfrentado pela pupulação do Estado. Foto:Dvulgação

Os brasileiros dos Estados do Norte e Nordeste têm sido as principais vítimas de crimes no País. A população desses Estados ocupa as primeiras sete posições no ranking entre aqueles que mais foram alvos de crimes nos últimos 12 meses. No outro extremo do ranking estão os moradores da região sul, cujos três estados são onde a menor quantidade de crimes é cometida. São Paulo fica na 19ª posição entre as 27 unidades da Federação. Rio de Janeiro, em 21º.

Os resultados foram apresentados nesta quinta-feira, 5, na primeira pesquisa nacional de vitimização feita pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, em parceria com o Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública (Crisp) e com o Instituto Datafolha.

Foram entrevistados 78 mil pessoas em 346 municípios entre junho de 2010 a maio de 2011 e junho de 2012 a outubro de 2012. Na pesquisa, eles foram questionados se, nos doze meses que antecedem o levantamento, eles foram vítimas de algum dos doze crimes listados (Agressão, discriminação, furto de objeto, fraude, acidente de trânsito, roubo de objeto, furto de carro, ofensa sexual, furto de moto, roubo de carro, roubo de moto e sequestro relâmpago).

A primeira posição ficou com o Estado do Amapá, onde 46% dos entrevistados sofreram algum desses crimes no ano que antecedeu a pesquisa. Pará (35,5% ficou em segundo, seguido do Rio Grande do Norte (31,3%). São Paulo teve 20,1% da população vitimada, quase o mesmo que a do Rio de Janeiro (20%).

Alagoas, que vem liderando o ranking de homicídios nos últimos anos, ficou em 16ª posição quando considerados os 12 crimes listados na pesquisa – 20,5% da população foi vítima de crime no ano anterior à pesquisa. Santa Catarina foi o Estado onde a população foi menos vitimada (17%). A média nacional foi de 21%.

Fonte:Estadão

Compartilhar: