Pesquisadores conseguem combater alergia a amendoim entre crianças

Médicos conseguiram dessensibilizar crianças alérgicas pela ingestão do alimento

Crianças conseguiram tolerar doses diárias de 800 mg de amendoim em pó. Foto: Wikicommons
Crianças conseguiram tolerar doses diárias de 800 mg de amendoim em pó. Foto: Wikicommons

Um grupo de médicos conseguiu dessensibilizar crianças alérgicas a amendoim fazendo-as ingerir pequenas doses deste alimento, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira na revista médica britânica The Lancet.

Depois de seis meses de tratamento, as crianças conseguiram tolerar doses diárias de 800 mg de amendoim em pó, o equivalente a cinco amendoins, o suficiente para salvar sua vida em caso de ingestão acidental, segundo os autores da pesquisa.

Segundo o coordenador do estudo, Andrew Clark, da Universidade de Cambridge, o tratamento permitiu que crianças muito alérgicas consumam quantidades de amendoins muito superiores às encontradas nos alimentos contaminados acidentalmente.

Um total de 99 crianças e adolescentes alérgicos, de 7 a 16 anos, participaram do estudo.

Um em cada cinco sofreu efeitos não desejados, que na maioria dos casos se traduziu em coceira moderada na boca.

A alergia a amendoim afeta uma criança em cada 50 e constitui a principal causa de morte como consequência de uma alergia alimentar.

 

Fonte: R7

Compartilhar: