Petista admite que partido poderá ter candidato a governador em 2014

Marcelo de Souza coloca Fátima e Mineiro como potenciais nomes

Marcelo de Souza analisa quadro e afirma o potencial petista: “O PT tem dois nomes que são Fátima Bezerra e Fernando Mineiro”. Foto: Divulgação
Marcelo de Souza analisa quadro e afirma o potencial petista: “O PT tem dois nomes que são Fátima Bezerra e Fernando Mineiro”. Foto: Divulgação

Joaquim Pinheiro
Repórter de Política

Sindicalista dos mais atuantes e conhecidos no Estado, o bancário aposentado Marcelo de Souza, integrante do Diretório Estadual do PT, fala sobre vários assuntos da política local, particularmente sucessão estadual e a possibilidade do Partido dos Trabalhadores apresentar um nome para disputar o Governo do Estado, que segundo ele, poderá ser Fátima Bezerra ou Fernando Mineiro. “O nosso partido tem bons nomes e essa possibilidade não está descartada, mesmo havendo uma resolução do Diretório Nacional recomendando prioridade para a disputa do Senado”, disse o petista. Marcelo de Souza, que foi presidente do Sindicato dos Bancários e é filiado do PT desde 1983, portanto um histórico do partido, foi candidato ao Senado em 2002 e disputou mandato de deputado federal em 2006, entende que o PT mudou ao longo do tempo e atualmente tem uma base social formada por profissionais liberais, pequenos e médios empresários, além de setores formados na gestão pública. Destaca que o PT tem 800 mil filiados no Brasil dos quais 6 mil estão no Rio Grande do Norte. O petista reconhece que o partido tem erros, mas no seu entendimento acertou mais do que errou. “A cada ataque o PT se fortalece”, observa, concluindo: “Vamos fazer alianças com partidos que pensam diferente, mas que têm projetos para o Brasil”. Segue tópicos da entrevista com o petista sindicalista, Marcelo de Souza.

POLÍTICA LOCAL

Vejo o enfraquecimento das famílias tradicionais com relação à candidaturas competitivas. Temos uma governadora que representa parte das famílias, enfrentando dificuldades, e até agora não existem candidaturas ao governo que representem essas forças. As famílias políticas estão perdendo força e isso é positivo porque abre  perspectivas para as forças populares. O PT tem dois nomes que são Fátima Bezerra e Fernando Mineiro, e o ambiente proporciona que as forças populares tenha uma candidatura competitiva ao Governo do Estado este ano. Compete a essas forças darem esse passo, mobilizando-se e apresentando uma proposta nova para o Rio Grande do Norte.

PROJETO DO PT

O PT tem um projeto de trabalhar uma aliança com setores que apoiam o governo Dilma Rousseff e está apresentando uma candidatura ao Senado, mas isso ainda será objeto de debate. A decisão final competirá ao Diretório Nacional. A prioridade é a reeleição da presidenta Dilma Rousseff.

ALIANÇAS POLÍTIVAS

Vai depender da estratégia adotada. O PSB é um aliado histórico, mas tem candidatura própria. Os outros partidos também têm interesses. O PT não descarta a possibilidade de candidatura própria ao governo que poderá ser o deputado Fernando Mineiro ou a deputada Fátima Bezerra, mesmo tendo uma resolução do Diretório Nacional recomendando o nome da deputada para o Senado. O PT tem procurado os partidos, mas não tem tido reciprocidade. Outro objetivo é manter o mandato federal e ampliar a presença na Assembleia Legislativa. Podemos eleger 1 deputado federal e 3 deputados estaduais. Existem chances reais de vitória porque o PT tem nomes fortes e competitivos eleitoralmente.

GOVERNO ROSALBA

Entrou numa postura equivocada de culpar muito o passado pelos problemas vivenciados agora. Não vemos avanços na saúde, segurança nem mobilidade urbana. Alguma coisa que evoluiu foi com apoio do Governo Federal a exemplo da viabilização de obras para a Copa do Mundo e alguma coisa boa na educação. Posso citar como exemplo, a construção dos Institutos Federais.

GOVERNO DILMA

É um governo que tem dado certo apesar das dificuldades internacionais. Tem mantido a situação de empregos e o crescimento do País. Os programas sociais estão em expansão e a base do governo Lula está sendo mantida. Está abrindo atuação em outro flanco que é a infraestrutura como melhoria de portos, aeroportos, estradas. O governo da presidenta caracteriza-se pelo aumento nos investimentos oriundos do governo Lula e implementação de políticas que melhora a infraestrutura logística com investimentos fortes e controle da inflação, permitindo que esse ano houvesse aumento de 5 por cento nas vendas do Natal comparando-se com 2012. Além disso, a presidenta teve a capacidade de ouvir as manifestações de ruas. Uma das propostas dos movimentos sócias, por exemplo, é ampliar a participação popular nas decisões governamentais que foi proposta da presidenta encaminhada ao Congresso Nacional. Ela também tem cobrado dos ministros a melhora do atendimento à população dos serviços públicos que dependem do Governo Federal. Outro aspecto importante é a não convivência com a corrupção.

REELEIÇÃO DE DILMA

Se a eleição fosse hoje ela estaria reeleita no primeiro turno, mas qualquer candidato só pode dizer eleito quando apurados os votos. É preciso ter humildade para entender o eleitor e ter sabedoria para enfrentar os ataques oriundos da chamada oposição que ainda não apresentou nenhum projeto. A oposição só vive espalhando o medo e a desconfiança, portanto, contra o Brasil. A sociedade aguarda que os candidatos apresentem propostas que venham melhorar a vida de todos.

MAIS MÉDICOS

É um programa necessário porque a maioria dos municípios do interior não tem médicos. Algumas entidades médicas mostram-se contra erradamente. Falam sobre falta de estrutura, mas no momento que tiver o médico essa estrutura aparecerá. A própria população cobrará isso. É um programa pra ficar. Com relação a Cuba entendo ser um posicionamento ideológico. Ninguém fala da Argentina ou do Canadá, por exemplo.

MENSALÃO

Está claro o que houve. Foi caixa 2 de campanha, assumido. É uma coisa condenável feita por todos os governos. Mas, vários presos foram condenados sem provas. Não ficou provada a utilização do dinheiro público nem mesada a parlamentares em troca de votação. Partidos receberam recursos para pagar despesas de campanha, o que é permitido pela legislação. A justiça só existe para filiados do PT? Tem que existir para todos.

Compartilhar: