PF prende homem com dinheiro, arma, munição e carro roubado

A PF agora vai sequenciar as investigações e busca encontrar outras pessoas envolvidas

65U56U5U5U5

A Polícia Federal prendeu neste sábado de carnaval, 1º de março, em Capim Macio, zona Sul da capital potiguar, um homem de 25 anos, acusado de roubo de carro e porte ilegal de arma e munição. O flagrante ocorreu quando os policiais investigavam uma denúncia de que havia uma movimentação estranha numa residência habitada por um casal em uma das ruas daquele bairro e que o morador possivelmente estaria envolvido com assalto a banco e clonagem de cartão de crédito.

Os policiais então passaram a vigiar o local e no final da tarde abordaram o acusado no momento em que ele, conduzindo um Fiat Pálio, deixava a casa. O homem não reagiu e franqueou o acesso da residência.

No interior da casa, estava uma mulher, namorada do acusado, que acompanhou a busca feita pelos policiais e testemunhou quando foram encontrados ainda: um automóvel Corolla (tomado de assalto em 15/02 em Natal, segundo queixa prestada na DEPROV/SSP); uma Moto Honda Pop; balanças digitais; leitor de cartão magnético; bloqueador de celular; impressora; um colete balístico da Polícia Militar com nº de fabricação rasgado; uma pistola cal. 6,35; notebooks; 33 cartuchos cal. (.40); placa de carro e 18 telefones celulares, além de R$ 31.232,00 em espécie.

Após levados para a Superintendência Regional da PF, a mulher prestou depoimento e foi liberada por não restar comprovada a sua participação nos crimes. Já o suspeito, recebeu voz de prisão e foi evasivo na maioria das respostas durante o seu interrogatório, preferindo atribuir à terceiros, a propriedade do farto material ilícito encontrado em seu poder.

A PF agora vai sequenciar as investigações e busca encontrar outras pessoas envolvidas. O preso permanece sob custódia, à disposição da justiça, na sede da Polícia Federal, no bairro de Lagoa Nova.

O envolvido, que possui vasta folha de antecedentes criminais, já respondeu por furto, lesão corporal e porte ilegal de arma. Ele também figura como um dos acusados detidos na Operação Colossus, deflagrada pela PF em Natal, em agosto de 2007 e que desarticulou um grupo criminoso que roubava senhas bancárias através da internet com atuação no RN e em mais quatro estados da federação.

Compartilhar:
    Publicidade