PF prende três pessoas por tentativa de fraude contra a CEF no RN

Após receberem voz de prisão, os suspeitos foram encaminhados para autuação na superintendência da PF, no bairro de Lagoa Nova

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Polícia Federal prendeu na tarde desta quarta-feira, 07 de maio, em uma agência da Caixa Econômica Federal, em Parnamirim/RN, na Grande Natal, um representante comercial, paraibano, 29 anos, uma vendedora, 28 anos e um auxiliar de serviços gerais, 34 anos, ambos maranhenses e todos residentes no Distrito Federal. Eles são acusados de tentativa de estelionato e uso de documentos falsos.

A prisão ocorreu quando a PF foi avisada de que o trio, que se passava por “funcionários públicos” e que havia procurado aquela agência dias atrás para abrir uma conta corrente e obter um empréstimo no valor de R$ 30 mil, estava no local. Ocorre que os documentos deixados para análise levantaram fortes suspeitas de falsificação, uma vez que dentre a papelada, um dos nomes apresentados era de uma outra pessoa que também morava em Brasília-DF, mas que ao ser contatada declarou que nunca havia estado no RN e muito menos era funcionário público e sim, estudante, inclusive, cadastrado atualmente e recebendo o Financiamento Estudantil-FIES.

Após receberem voz de prisão, os suspeitos foram encaminhados para autuação na superintendência da PF, no bairro de Lagoa Nova. Durante o interrogatório eles confessaram a participação no delito e disseram ainda que tinham a intenção de agir contra outras instituições bancárias situadas no interior do estado. Os dois homens e a mulher não deram maiores detalhes de como conseguiam a documentação falsificada.

O trio encontra-se custodiado na sede da Polícia Federal, onde deverá permanecer, à disposição da justiça.

Esta foi a 7ª ocorrência desse tipo de crime apurada pela PF e praticada contra a Caixa Econômica Federal somente este ano no RN, o que resultou em 12 pessoas presas em flagrante até agora.

Fonte: Assessoria PF

Compartilhar: