PM prende 26 motoristas por embriaguez e autua mais de 130, após show do Aviões

Fiscalização surpreendeu as pessoas que foram a festa no litoral sul

Segundo o comandante da CPRE, coronel Canindé Freitas, o grande número de motoristas flagrados surpreendeu a todos os policiais. Foto: Divulgação
Segundo o comandante da CPRE, coronel Canindé Freitas, o grande número de motoristas flagrados surpreendeu a todos os policiais. Foto: Divulgação

Durante uma única blitz na madrugada de hoje, a Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) autuou e apreendeu a carteira de habilitação de aproximadamente 130 motoristas que foram flagrados dirigindo após ingerir bebida alcoólica, na Rota do Sol, entre os municípios de Natal e Parnamirim. Destes, 26 foram presos por apresentarem um limite superior ao permitido de álcool no organismo e devem responder a processo criminal.

Segundo o comandante da CPRE, coronel Canindé Freitas, o grande número de motoristas flagrados surpreendeu a todos os policiais que atuaram na fiscalização, realizada logo após um show em Pirangi. Para ele, o descaso e o desrespeito às leis de trânsito são os principais causadores de prisões por embriaguez ao volante e também de acidentes ocorridos por esta combinação.

“Ficamos surpresos, porque as pessoas já estão mais do que conscientes dos riscos e das penalidades impostas a quem faz isso, colocando não apenas a vida deles em risco, mas principalmente de pessoas inocentes, que respeitam as leis. Por isso, é tão importante fazermos blitz constantes, porque além de retirarmos infratores das ruas, também evitamos acidentes”, explicou.

O comandante da CPRE disse que cerca de 130 motoristas flagrados durante os testes de bafômetro foram encaminhados para a Delegacia de Plantão da zona Sul em um microônibus e que todos tiveram suas carteiras de habilitação apreendidas. Aqueles flagrados acima do limite permitido pela Lei Seca responderão criminalmente, já os demais, administrativamente. Nesta ação, foram aplicados cerca de 2,5 mil testes.

O coronel Freitas afirmou ainda que as barreiras policiais devem continuar a ser realizadas durante todo o período da Operação Verão 2014, no litoral do Rio Grande do Norte, com enfoque principal nos trechos com maior concentração de pessoas e veículos e onde houver festas e shows públicos e particulares.

Blitzens irão continuar em vários pontos da cidade. Foto: José Aldenir
Blitzens irão continuar em vários pontos da cidade. Foto: José Aldenir
Compartilhar:
    • ronaldo do nascimento

      parabens por mais esta brilhante iniciativa, o ideal e realmente punir os grandes ,mas infelizmente muitas vezes apenas os mais humildes e que são penalizados, alguem lembra de um episodio envolvendo um deputado estadual na epoca, em que foi pego dirigindo embriagado, em petropolis e quem foi punido foi o policial, vamos agir com rigor da lei sem distinção de classe social ou cor.