Polícia Civil apreende 150 mil cigarros ilegais e prende seis pessoas

Acusados comercializavam cigarros oriundos do Paraguai de maneira ilegal

Foram encontradas com o grupo, 15 caixas de maço de cigarro. Foto: Divulgação
Foram encontradas com o grupo, 15 caixas de maço de cigarro. Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte apreendeu 150 mil unidades de cigarro e prendeu seis pessoas suspeitos na manhã de hoje no bairro do Alecrim. O grupo comercializava o produto ilegal nas avenidas Coronel Estevão e Presidente Sarmento, localizadas no bairro.

Segundo informações do Delegado Natanion de Freitas, há um mês as investigações vinham acontecendo. As denúncias recebidas e informações colhidas pela investigação levavam ao grupo, que mantinham seis pontos fixos de comercialização. A operação foi denominada “Extintor” e aconteceu por volta das 7 horas da manhã de hoje. “Nós seguimos a linha de investigação a partir de várias denúncias. Eles comercializavam cigarros oriundos do Paraguai de maneira ilegal”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado responsável pela operação, não se sabe como esse produto chegou até o grupo. “Só as investigações poderão direcionar e mostrar como esse produto chegou até essas pessoas e se outros indivíduos estão envolvidos no crime”, disse Natanion.

Foi encontrado com o grupo 15 caixas de maço de cigarro. Entre os suspeitos detidos estavam cinco homens e uma mulher, que irão responder ao processo pelo artigo 334 do Código Penal, que é o de crime de contrabando. Todos foram identificados como potiguares e foram encaminhados para a 3º Delegacia de Polícia Civil, no bairro do Alecrim.

Compartilhar: