Polícia do RN prende suspeito de assalto em que PM foi baleado na Paraíba

Em depoimento à Polícia Civil, o acusado confessou ter tentado assaltar um supermercado no último dia 4 de abril.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte cumpriu nesta quarta-feira (30/04), na cidade de Monte Alegre-RN, distante 34km de Natal, um mandado de prisão temporária contra o promotor de marketing Robson Antônio da Silva Júnior, de 26 anos, natural de João Pessoa-PB. Ele é acusado de praticar uma tentativa de assalto a um supermercado localizado no bairro Costa Silva, em João Pessoa-PB, que deixou um policial militar de 35 anos baleado.

O Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (NIP) já vinha monitorando os passos de Robson há mais de vinte dias, e assim que descobriu a sua localização entrou em contato com o delegado Wagner Dorta, Diretor de Polícia da Capital da Paraíba e com o delegado de Monte Alegre Marcel Pina Gouveia, que juntamente com sua equipe efetuou a prisão do acusado, no distrito de Fontes, localizado a dois quilômetros da cidade de Monte Alegre-RN.

O mandado de prisão foi expedido pelo Juízo da Comarca de Cabedelo-PB. Em depoimento à Polícia Civil, o acusado confessou ter tentado assaltar um supermercado no último dia 04 de abril, na companhia de um comparsa apelidado como “Coroa”, na cidade de João Pessoa-PB. Na ação, um policial militar que estava fazendo compras no estabelecimento reagiu e houve troca de tiros, tendo o policial se ferido gravemente. Robson alegou que não estava armado e que quem atirou no policial foi o comparsa “Coroa”, no entanto confessou ter roubado a arma do PM. Ele disse também que havia praticado o crime para pagar uma dívida de drogas no valor de R$ 100.

O crime

Uma tentativa de assalto em um supermercado no bairro Costa Silva, em João Pessoa, deixou um policial militar de 35 anos baleado, fato ocorrido no último dia 04 de abril. O PM foi socorrido em estado grave ao hospital.

Um vídeo registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento comercial mostrou a ação dos assaltantes. O policial fazia compras no momento da ação criminosa e reagiu trocando tiros com os bandidos. Os homens ainda roubaram a arma que estava com o PM e fugiram.

Fonte: DEGEPOL

Compartilhar:
    Publicidade