Policiais civis suspendem ato público na Degepol e aguardam secretário‏

Diretoria do SINPOL-RN terá encontro com secretário de segurança, nesta quarta-feira, e espera que reivindicações sejam atendidas

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os policiais civis do Rio Grande do Norte se reuniram em assembléia, na manhã desta terça-feira (3), e deliberaram pela suspensão de um ato público que estava programado para ser feita na Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol). A categoria decidiu aguardar uma reunião com o secretário de Segurança Pública, Eliéser Girão, marcada para esta quarta-feira (4), às 10h30.

Na ocasião, a Diretoria do SINPOL-RN vai ouvir o titular da Sesed referente à pauta de reivindicações aprovada pela categoria. “Como houve essa abertura por parte do secretário Eliéser, que se mostrou interessado em conversar com o Sindicato, vamos suspender o ato”, afirma Djair Oliveira, presidente do SINPOL-RN.

No ato público que estava previsto para esta terça-feira, os policiais civis pretendiam ir até a Delegacia Geral entregar munições e coletes que estão vencidos nas delegacias. Agora, ficou acordado que a categoria vai se reunir novamente na manhã da quinta-feira (5), a partir das 8h30.

“Vamos ouvir o secretário da nossa pasta e ver qual seu posicionamento em relação ao que está sendo pleiteado e, depois, apresentar o resultado do encontro para os policiais. Só então poderemos definir atos futuros. Por enquanto, a categoria permanece em estado de mobilização”, complementa Djair Oliveira.

A Diretoria do SINPOL-RN tem realizado visitas nas comunidades para conversar com a população de vários bairros sobre o atual quadro da segurança. Além disso, contratou carros de som para circular pelas ruas de Natal e interior com mensagem sobre a realidade da Polícia Civil e ITEP. Outras ações que estão sendo feitas são panfletagens em áreas estratégicas, como universidades e locais públicos, e também nas próprias delegacias.

Compartilhar:
    Publicidade