Policiais plantonistas estão sem crédito nos cartões de alimentação há 20 dias

Sindicato protocolou ofício cobrando providências para regularização do serviço, que está em atraso pro causa de dívida do Governo do RN.

Plantao-Candelaria-delegacia-fechada-CS-1

O SINPOL-RN enviou um ofício, de número 110/2014, ao delegado geral da Polícia Civil, Adson Kepler, solicitando providências urgentes para o problema da falta de crédito no cartão alimentação (GreenCard) dos policiais plantonistas de Natal e interior do Estado. Há mais de 20 dias os cartões não são recarregados e o motivo seria uma dívida do Governo com a empresa responsável.

“Alimentar-se é necessidade básica à conservação da vida e, vale ressaltar, que esse cartão alimentação é um direito conquistado pela própria categoria, que já sofre tanto com outras dificuldades estruturais das delegacias. Por esse motivo, enviamos o ofício para a Degepol solicitando a regularização desse serviço, pois já são mais de vinte dias de atraso no repasse dos créditos no GreenCard”, afirma Renata Pimenta, vice-presidente do SINPOL-RN.

De acordo com ela, a situação é de desconforto e revolta por parte das equipes de plantão e do Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp). Para não ficarem com fome, os policiais são obrigados a pagar a alimentação do próprio bolso.

“Essa recarga do cartão era feita sempre no início do mês ou até mesmo antes da virada do mês, para que os policiais possam se alimentar ao longo do mês em curso. No entanto, neste mês de julho, até este dia 25, ainda não foi feito”, ressalta.

Renata Pimenta declara que manteve contato com a diretoria administrativa da Degepol e foi informada que já foram feitos os lançamentos dos créditos, mas a empresa não liberou porque o Governo do Estado está em atraso com o pagamento mensal do contrato. Por isso, uma cópia do ofício também será encaminhada para a Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Compartilhar: