Policial que teve filho de 15 anos morto em tiroteio em Parnamirim faz desabafo

O soldado da Polícia Militar, Sena Júnior, escreveu que se sente “fracassado” com a morte de seu filho

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O pai do adolescente, Hiago Caio de Senna, de 15 anos, que morreu em troca de tiros com policiais militares na tarde desta segunda-feira, (26), fez um desabafo em sua página no Facebook.

O soldado da Polícia Militar, Sena Júnior, escreveu que se sente “fracassado” com a morte de seu filho.

Contou que fez de tudo para tentar separar o garoto das más companhias e que inclusive mudou de cidade, mas, não obteve êxito.

Texto escrito pelo policial pai do garoto assassinado:

“Hoje eu me sinto fracassado como Pai, como homem, chefe de família, e como pessoa, mas, as coisas nunca são como a gente espera. Um jovem tão prospero, ter se envolvido com más companhias, e o resultado teve um lamentável e trágico fim. Eu lamento essa perda, mas fiz tudo para recuperá-lo. Coloquei em psicólogo, patrulheiro mirim (instituição para crianças que ficam ociosas terem uma atividade para realizar). Troquei de cidade para separá-lo de pessoas nocivas, mas não consegui obter êxito, assim termina mais uma luta em vão contra a criminalidade. Estou muito abatido com o resultado. Não culpo a PM, pois sei que são bons profissionais, lamentavelmente ele fez uma escolha errada e infeliz, só posso culpar a mim mesmo, por esse FRACASSO“.

Compartilhar: