Política – Túlio Lemos

AMIGAS O povo do Governo Rosalba Ciarlini ainda não percebeu que o prestígio popular da Rosa é quase inexistente; diferente…

AMIGAS

O povo do Governo Rosalba Ciarlini ainda não percebeu que o prestígio popular da Rosa é quase inexistente; diferente da força do poder, que ainda sobrevive graças à caneta oficial. Alguns aproveitaram a presença de Rosalba em evento com a presidente Dilma e já inflaram seu ego dizendo que ela ‘poderá’ apoiar Dilma. E quem disse que Dilma quer?

APOIO

O apoio de Rosalba para Dilma Rousseff se assemelha ao que foi dado por Micarla no último pleito em Natal. Produz mais desgaste do que respaldo positivo. Ninguém pode recusar voto; e é deselegante rejeitar apoio público. Porém, querer transformar um possível apoio de Rosalba a Dilma como algo de muito importante, é querer forçar a barra.

POSSE

Os interesses políticos precisam ser limitados ao cumprimento das decisões judiciais. Desnecessária a manobra explícita feita pela Assembleia para evitar a posse do deputado Dibson Nasser, determinada pelo Tribunal Superior Eleitoral. Desgaste externo que poderia ser evitado sem prejudicar ou privilegiar ninguém; apenas cumprir a lei.

PRESSÃO

Segundo Sherloquinho, há uma forte pressão em favor da permanência de José Adécio na Assembleia. O senador José Agripino lidera o grupo que tenta conquistar, em Brasília, uma liminar para manter o parlamentar no exercício do mandato. O caso virou até moeda eleitoral.

MOEDA

Por questões de política local, pois em Pedro Avelino há tradição de disputa entre os Alves e o grupo de Adécio, o deputado do DEM não queria apoiar a candidatura de Henrique Alves. Agora, quase perdendo o mandato, a força política do acordão está sendo oferecida em troca do pai de Adecinho subir no palanque do filho de Aluízio. Pelo visto, ‘cara e lado’ aceitou a proposta.

FEDERAL

Outro caso semelhante de descumprimento de decisão, por parte da Assembleia, é a situação do deputado Gilson Moura. Ele está sendo investigado por suposta participação em esquema de corrupção envolvendo dinheiro público. A Justiça Federal determinou seu afastamento imediato do cargo. A Assembleia ainda não cumpriu.

CRESCIMENTO

A última pesquisa Datafolha apresenta crescimento de 4 pontos na candidatura da presidente Dilma Rousseff. Suficiente para trazer de volta a euforia dos petistas, que andavam cabisbaixos com a queda da candidata de Lula. Os números são mágicos. Fizeram também o PT elogiar o Datafolha. Ou seja: se subir, presta; se cair, não presta. O fato é que Dilma está se recuperando e pode ser reeleita.

NOVA CRUZ

Além da salada partidária que ocorre neste pleito, há também problemas de ordem familiar. Em Nova Cruz, o prefeito Cid Arruda Câmara, tio da mulher de Henrique, Laurita Arruda Câmara, vai votar no adversário da família, Robinson Faria.

PODER

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, daqui a pouco esquece onde fica sua Prefeitura. Ele tem passado muito mais tempo no interior, fazendo política e fechando acordo para eleger sua mulher deputada federal. Zenaide Maia precisa da muleta do marido, Jaime; ou do irmão, João Maia. Mas tem sido apresentada nos municípios como se tivesse muito serviço prestado ao Estado. E os bestas multiplicam o discurso.

Compartilhar:
    Publicidade