População não acredita que as obras de mobilidade estarão prontas no prazo

Prefeitura corre contra o tempo para cumprir promessa e concluir projetos até o final deste mês

Tunel-da-Romualdo-galvao-JA

Marcelo Lima

Repórter

Faltam praticamente dez dias para que as obras de mobilidade urbana no entorno da Arena das Dunas estejam liberadas para o tráfego. Mas, quem mora na região ou quem passa pelo local não acredita na conclusão em tão pouco tempo. A habitual mudança de prazos, em função das chuvas ou outros motivos, contribui ainda mais para esse descrédito.

O zelador Gleidson Silva trabalha num prédio próximo da avenida Romualdo Galvão, que está recebendo intervenções. “Tão correndo muito com a obra, mas acho que não fica pronta até lá”, opinou.

Segundo ele, a obra também tem prejudicado a coleta de lixo. Com o fluxo bloqueado na Romualdo Galvão já nas proximidades do estádio, o caminhão da coleta não passa com a mesma frequência de antes na rua Conselheiro Morton Mariz. “Nem o carro de lixo entra aqui nessa rua, raramente passa”, reclamou.

O motorista profissional Edmilson Gomes também não acredita na finalização das obras a tempo de não atrapalhar os jogos na Arena das Dunas. “Nunca no Brasil. Aí, os caras nem trabalham direito e o trânsito está um caos”, repetiu a queixa mais comum dos natalenses nos últimos sete meses.

As mudanças de prazo também contribuem para a descrença da população. O túnel da avenida Romualdo Galvão, por exemplo, teve sua data de liberação de fluxo marcada para hoje (20) durante entrevista coletiva concedida pelo secretário municipal de obras Tomaz Neto no dia 25 de abril. Passados apenas dez dias, o prefeito Carlos Eduardo Alves anunciou, durante visita ao canteiro de obras, um novo prazo para o mesmo túnel ser inaugurado: 25 de maio, ou seja, o próximo domingo.

A interdição da Prudente de Morais para colocação do asfalto também não começou no dia marcado (8) no início do mês. Depois da reclamação de comerciantes e moradores que trabalham no trecho em obras, a Prefeitura resolveu que a interdição não será total como se planejava anteriormente e o acesso para profissionais também será garantido, assim como os moradores.

O prazo para que todo o complexo do entorno da Arena das Dunas esteja pronto é dia 31 de maio. São seis túneis, duas passarelas pré-moldadas e o viaduto estaiado da avenida Prudente de Morais. O viaduto da BR 101 não poderá receber fluxo de veículos porque estará em processo de secagem.

Do início de maio até o dia 12, os trabalhadores ainda deverão fazer o acabamento e sinalização das vias. Segundo engenheiro civil consultado pela reportagem, o asfalto também precisa de um tempo para cura (secagem) para que a tinta da sinalização tenha boa adesão e não desaparece rapidamente. Hoje, o secretário Tomaz Neto se negou a dar entrevista sobre o assunto. “Eu preciso trabalhar, não tenho tempo de ficar dando entrevista por telefone não”, disse.

Compartilhar: