Por indulto pleno, justiça manda soltar ex-juiz Nicolau dos Santos Neto

Benefício pode ser concedido para presos com mais de 60 anos com problemas de saúde

"Lalau" está detido na Penitenciária de Tremembé desde 2013. Foto: Divulgação
“Lalau” está detido na Penitenciária de Tremembé desde 2013. Foto: Divulgação

A 1º Vara de Execuções Criminais de Taubaté expediu, nesta segunda-feira (2), um alvará de soltura para o ex-juiz Nicolau dos Santos Neto, conhecido como “Lalau”, de 85 anos. A decisão atende ao indulto pleno assinado pela presidente Dilma Rousseff em dezembro de 2012. As informações foram confirmadas no site do Tribunal de Justiça de São Paulo.

O indulto pleno é um documento que concede liberdade para presos com mais de 60 anos, que cumpriram mais de um terço da pena e que se encontram com problemas de saúde.

Nicolau dos Santos Neto está preso na Penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo, desde março de 2013. A prisão aconteceu depois que o Tribunal Regional Federal da 3ª Região cassou sua prisão domiciliar.

O ex-juiz foi condenado por participar de um esquema que desviou cerca de R$ 170 milhões da construção do Fórum Trabalhista de São Paulo. Ele foi condenado em 2006 a 26 anos e 6 meses de prisão no processo principal, a 14 anos no processo por lavagem e evasão de divisas, e a 7 anos e 6 meses no processo que apura crime contra a ordem tributária, totalizando uma condenação de 48 anos de prisão.

Até às 7h desta terça-feira (3), Nicolau dos Santos Neto ainda não havia deixado as dependências da Penitenciária de Tremembé.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade