Porto de Natal registra crescimento em exportações nos dois primeiros meses do ano

Em janeiro deste ano o Porto embarcou 930 contêineres, o que equivaleu a 23.946 toneladas de mercadorias

87o78o758o8op

Após a Companhia Docas do RN (Codern) registrar um aumento de quase 20% no volume de sal exportado pelo Terminal Salineiro de Areia Branca em janeiro e fevereiro de 2014, no comparativo com 2013, dessa vez foi o Porto de Natal que apurou variação positiva no embarque de contêineres. Nos dois primeiros meses de 2014 o Porto já exportou 1832 contêineres, contra 1699 na mesma temporada de 2013. O acréscimo percentual é de 8% comparados os dois meses de cada ano.

Em janeiro deste ano o Porto embarcou 930 contêineres, o que equivaleu a 23.946 toneladas de mercadorias e um acréscimo de 2% no comparativo com janeiro de 2013. Já em fevereiro do corrente ano foram exportados 902 contêineres, contra 789 no mesmo mês de 2013, o que se traduz em um aumento de 14%.

Se levado em consideração o volume em toneladas embarcado em 2013 – em janeiro e fevereiro – o Porto registrou 44.830 toneladas. Comparando com o ano em curso, a Codern já alcançou 46.862 toneladas, o que significa uma variação positiva de 5%.

Dos produtos movimentados este ano o campeão de exportação de janeiro e fevereiro foi o melão, responsável pelos embarques de 1151 contêineres. Em segundo lugar ficou a banana, que ocupou 325 contêineres para exportação. A manga ocupou a terceira colocação com 125 contêineres. Outras frutas como laranja, limão, manga e melancia também saíram do Porto em direção à Europa.

Além de frutas, outras mercadorias conteinerizadas também foram embarcadas pelo Porto de Natal. Os principais produtos são máquinas, quartzito, inhame e cerâmica. Em relação aos produtos que foram desembarcados no Porto de Natal para importação, os principais são lâmpadas, caixaria, cerâmicas e plásticos.

Compartilhar: