POSIÇÃO – Túlio Lemos

O deputado estadual Getúlio Rêgo liga para dizer que não decidiu apoiar a candidatura do deputado Henrique Alves ao Governo…

O deputado estadual Getúlio Rêgo liga para dizer que não decidiu apoiar a candidatura do deputado Henrique Alves ao Governo do Estado. O pai de Leonardo afirma que o senador José Agripino não está forçando apoio ao candidato do PMDB e que suas bases realmente estão resistentes a uma aliança com o PMDB.

POSIÇÃO II

Getulio Rêgo também disse que está ouvindo as bases, pois sua eleição sempre dependeu dos amigos do interior e não de lideranças majoritárias. Portanto, para definir seu apoio, levará em consideração o pensamento dos amigos que sempre o acompanham. A coerência de Getúlio tem sido um entrave para a concretização do apoio dele a Henrique e Wilma.

NEGOCIAÇÃO

O senador José Agripino é acusado, em matéria da revista IstoÉ deste final de semana, de ter negociado com o Governo do PT, apoio a determinadas situações em troca da liberação de emendas de parlamentares do DEM. Aliás, há tempos que os bastidores da política já sabiam que o PT sempre achou Agripino o melhor líder da oposição.

IMPEACHMENT

Agripino assumiu a liderança do DEM no Governo Lula. Quando o escândalo do mensalão eclodiu, Lula se enfraqueceu a ponto de setores da oposição chegarem a admitir viabilizar o impeachment do presidente. O pai de Felipe foi contra e trabalhou internamente para descartar essa possibilidade. Agripino sempre foi o oposicionista dos sonhos do PT.

EMENDAS

A informação, repassada por deputados da bancada do RN, era de que tanto o senador José Agripino, quanto o deputado Felipe Maia, sempre tiveram as emendas liberadas sem problemas. Bem diferente dos demais parlamentares, que precisavam fazer pressão para conseguir liberar uma ou outra emenda. Agora, a razão desse privilégio é escancarada nacionalmente. Ou seja: no fundo, o senador potiguar promoveu uma oposição de faz de conta.

RACHA

A eleição é estadual, mas a situação local determina certas posições. Em Pau dos Ferros, a disputa entre os grupos de Elias Fernandes e Getúlio Rêgo, tradicionais adversários no Alto Oeste, está complicando a vida do deputado Henrique Alves. Como água e óleo, os dois políticos não se misturam.

HABILIDOSO

O deputado estadual Gustavo Fernandes estava discursando para sua turma do PMDB, reforçando que o partido seria beneficiado em caso da vitória de Henrique e que o DEM de Getúlio Rêgo estava se oferecendo para apoiar o PMDB. Nessa hora, Henrique tomou o microfone das mãos do filho de Elias, disse que ele estava mentindo e que a verdade é que o próprio candidato estava procurando o DEM para receber apoio; e não o contrário.

DESMENTIDO

Ridículo o deputado Gustavo Fernandes ter considerado natural o gesto de Henrique ao tomar o microfone de sua mão para repor a verdade em relação ao DEM de Pau dos Ferros. Além de achar natural, o filho de Elias também tenta desmentir o que as imagens mostram claramente.

Compartilhar: