Possíveis destroços de avião da Malaysian são encontrados na Austrália

Buscas completaram 47 dias

Submarino autônomo que trabalha nas buscas pelo Boeing da Malysia Airlines no Oceano Índico se prepara para descer às profundezas, na terça-feira, 17 de abril. Foto: Divulgação
Submarino autônomo que trabalha nas buscas pelo Boeing da Malysia Airlines no Oceano Índico se prepara para descer às profundezas, na terça-feira, 17 de abril. Foto: Divulgação

Um material não identificado que apareceu no litoral australiano está sendo investigado por eventual ligação com o avião da Malásia que desapareceu há mais de sete semanas com 239 pessoas a bordo, informaram autoridades da Austrália nesta quarta-feira.

A polícia australiana recolheu o material, encontrado 10 quilômetros a leste da cidade de Augusta, na ponta sul do Estado da Austrália Ocidental, disse o Centro de Coordenação Conjunta das Agências, órgão australiano que comanda as buscas.

O material, que não foi descrito pelas autoridades, é o primeiro relato de possíveis destroços do avião em semanas e a primeira pista desde 4 de abril, quando autoridades detectaram no mar o que acreditavam ser sinais da caixa-preta do avião da Malaysia Airlines.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade