Potiguar Jadson André estreia com vitória no Billabong Pipe Masters

Depois de um ano fora, Jadson volta a defender o Brasil em todas as etapas na próxima temporada.

Novidade da seleção brasileira na elite do WCT 2014, Jadson André competiu no Billabong Pipe Masters e estreou com vitória sobre Olamana Eleogram
Novidade da seleção brasileira na elite do WCT 2014, Jadson André competiu no Billabong Pipe Masters e estreou com vitória sobre Olamana Eleogram

Com isso, o australiano que venceu o ASP Prime Quiksilver Saquarema Prime apresentado pela Coca-Cola em Saquarema (RJ), tirou de Willian Cardoso a condição de substituto número 1 para a primeira ausência de um top-34 no ano que vem. Ele agora só será chamado para participar das etapas quando faltarem dois integrantes da elite do ASP Tour. Mas, Santa Catarina continua representada entre os melhores surfistas do mundo por Alejo Muniz, já garantido para defender o Brasil junto com os paulistas Adriano de Souza, Gabriel Medina e Filipe Toledo, o carioca Raoni Monteiro e o potiguar Jadson André.

Novidade da seleção brasileira na elite do WCT 2014, Jadson André competiu no Billabong Pipe Masters e estreou com vitória sobre Olamana Eleogram, um dos convidados havaianos que entraram na primeira fase na única etapa do ASP World Tour com 48 participantes. Depois, não achou as ondas contra o australiano Bede Durbidge, quando o mar já não apresentava as condições clássicas da manhã por causa do vento já afetando a qualidade das ondas em Pipeline e Backdoor. Depois de um ano fora, Jadson volta a defender o Brasil em todas as etapas na próxima temporada.

Miguel Pupo pode ser o sétimo componente do time verde-amarelo em 2014. Ele já entrou na zona de classificação, mas para garantir de vez o seu nome precisa passar mais uma bateria em Pipeline, contra o australiano Josh Kerr no sétimo confronto da terceira fase. O 22.o lugar que passou a ocupar nos top-22 que ficam no WCT, ainda é ameaçado por quatro surfistas, os australianos Adam Melling e Yadin Nicol, o americano Patrick Gudauskas e o havaiano Dusty Payne. No entanto, se passar para a quarta fase, Pupo já garante sua vaga ou pelos top-22 do WCT ou pelos dez indicados pelo ASP World Ranking.

Além de Miguel Pupo, dois brasileiros também vão competir na terceira fase do Billabong Pipe Masters nesta segunda-feira em Banzai Pipeline, logo contra os dois últimos vencedores da Tríplice Coroa Havaiana. Gabriel Medina enfrenta o campeão de 2011 que estreia na quinta bateria, John John Florence, enquanto Adriano de Souza faz sua primeira apresentação no campeonato contra o defensor do título, Sebastian Zietz, que no domingo ganhou a única nota 10 no melhor tubo do primeiro dia em Backdoor.

TÍTULO MUNDIAL – A batalha final pelo título mundial da temporada 2013 também começa na terceira rodada do Billabong Pipe Masters, pois a qualquer tropeço de Kelly Slater será confirmado o tricampeonato do australiano Mick Fanning. Para conquistar o seu 12.o caneco de melhor do mundo no ASP World Tour, Slater necessita obrigatoriamente da vitória em Pipeline, mas Fanning garante o primeiro lugar no ranking se passar das quartas de final.

O líder Mick Fanning estreia contra o havaiano Kaimana Jaquias logo depois do confronto de Gabriel Medina com John John Florence, com os quatro se encontrando no mar no sistema de duas baterias disputadas simultaneamente do Pipe Masters. Já Kelly Slater faz o nono duelo da segunda-feira com o australiano Mitch Crews, uma das novidades no WCT 2014, com os dois dividindo o line-up com Adriano de Souza e Sebastian Zietz da bateria anterior.

Compartilhar: