Pré-candidato do PSB à Presidência cumpre agenda político/religiosa no RN

Eduardo Campos chega nesta quinta-feira para visitar Natal e a Santa Cruz

56u56uer6uer6utr

Joaquim Pinheiro

Repórter de Política

O governadorável Eduardo Campos, do PSB, chega a Natal nesta quinta-feira pela manhã e após conceder entrevista coletiva no Hotel Ocean Palace embarca num helicóptero para a cidade de Santa Cruz onde será recebido pela prefeita Fernanda Faria, do PMDB, e pelo deputado Tomba Faria, do PSB. Eduardo Campos cumprirá agenda político/religiosa participando de encontro com prefeitos da Região Trairi/Agreste, deputados e vereadores, que questionarão o pré-candidato à presidência da República sobre sua proposta de governo para o Nordeste. Consta da programação religiosa, visita ao Santuário Santa Rita de Cássia e missa na Igreja Matriz. Ás 14 horas, ele participa de reunião/almoço na Fazenda Feijão de propriedade do ex-governador Iberê Ferreira de Souza, integrante do seu partido, o PSB. Na visita ao Estado, o pré-candidato do PSB será acompanhado pela presidente da legenda, vice-prefeita de Natal, candidata à senadora, Wilma de Faria.

Segundo o deputado Tomba Faria, mais de 30 prefeitos das regiões, Trairi, Agreste, Potengi e Central participarão de encontro com o presidenciável para expor problemas dos municípios e ter conhecimento sucintamente do programa de governo de Eduardo Campos e suas propostas para a região que enfrenta crise de escassez de recursos provocada pela centralização do Poder Central, acentuada nos governos do PT. “Vamos saber o pensamento dele sobre o Brasil, particularmente sobre o Nordeste e o Rio Grande do Norte”, disse o deputado Tomba Faria.

EVENTO RELIGIOSO

Eduardo Campos estará no Rio Grande do Norte cumprindo agenda pelo Nordeste, incluindo também, Bahia e Paraíba. Segundo a presidente do PSB, Wilma de Faria, ele participará de um dos maiores eventos religiosos do Estado e da região, a festa da Padroeira de Santa Cruz, Santa Rita de Cássia. Os organizadores do evento esperam reunir amanhã mais de 70 mil fieis vindos de todo o País.

“Visita de Eduardo Campos é positiva para o Estado”

O prefeito Pepeu Lisboa, do PMDB de Passa e Fica, confirma presença e diz ser uma boa oportunidade para que os demais prefeitos conheçam as propostas de Eduardo Campos para Região Nordestina. “Eduardo Campos um defensor do municipalismo e com ele está surgindo a esperança de formatação de um novo Pacto Federativo para o Brasil”, observa o prefeito, lembrando que outra vantagem são os conhecimentos que o ex-governador de Pernambuco tem sobre os problemas nordestinos e suas adequadas soluções. Para o prefeito Pepeu Lisboa, o atual modelo de gestão centralizador de recursos por parte do Poder Público Federal “quebrou os municípios brasileiros”.

No entendimento do prefeito Pepeu Lisboa, atualmente os municípios são “simples tomadores de contas de programas federais com excessiva dose de responsabilidade transferidas para os municípios sem as devidas condições de executabilidade por parte dos gestores municipais”. Questionado sobre a viabilidade de uma candidatura de Eduardo Campos para a presidência da República, já que ela (no caso, a pré-candidatura) registra baixo percentual nas pesquisas de opinião pública, o prefeito peemedebista afirmou: “ele deverá crescer nas pesquisas a partir de um grau de conscientização do eleitorado brasileiro no decorrer da campanha”, observa, prevendo que o pleito só será decidido no segundo turno em razão da queda no índice de aprovação da presidente Dilma Rousseff.

Outro aspecto considerado positivo para Eduardo Campos, segundo o prefeito Pepeu Lisboa, é o fato de Marina Silva compor a chapa majoritária com o pernambucano na condição de candidata á vice-presidente da República. “Marina é um nome emblemático ligado ao segmento evangélico e representante do segmento feminino”, disse o prefeito. Nivaldo Melo (PSB), prefeito de Bahia Formosa, disse que os prefeitos do Agreste levarão para Eduardo Campos preocupações com a região pela falta de uma política de capacitação, emprego e renda, segundo ele, pela falta de lideranças políticas e empresariais comprometidas com o desenvolvimento da região. “O clientelismo está penalizando nossa região”, completa o prefeito de Baia Formosa, lembrando que Eduardo Campos transformou Pernambuco numa das maiores economias do Nordeste e com a experiência e competência que tem poderá, também, transformar o Brasil. (JP)

Compartilhar:
    Publicidade