Preço para construir casa própria no Brasil sobe para R$ 864 por m²

Região Sudeste continua sendo a mais cara para contruir, com preço médio de R$ 899

O índice acumulado em 12 meses foi de +0,79%. Foto: Arquivo/26.05.2011/ABr
O índice acumulado em 12 meses foi de +0,79%. Foto: Arquivo/26.05.2011/ABr

O preço médio do metro quadrado para construir a casa própria no Brasil subiu para R$ 864,01, dos quais R$ 477 são de materiais e R$ 387,01 de mão de obra. O Sinap (Índice Nacional da Construção Civil) divulgado nesta sexta-feira (07) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apresentou uma variação nacional de 0,45% no mês de janeiro em relação a dezembro. O estado que apresentou maior alteração no preço foi o Amapá, com avanço de 3,44%.

No acumulado dos dos últimos 12 meses, a variação do índice nacional apresentou alta de +0,79%.

A região Norte, com valor de 0,71%, ficou com a maior variação regional no mês de janeiro. As regiões Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste apresentaram altas de, respectivamente, 0,53%, 0,44%, 0,35% e 0,17%.

Os custos regionais, por metro quadrado em cada uma das divisões do País foram de R$ 877,27 (Norte), R$ 810,64 (Nordeste), R$ 899,11 (Sudeste), R$ 876,83 (Sul) e R$ 871,05 (Centro-Oeste). Com relação ao acumulado nos últimos doze meses, o bloco do Sudeste apresentou a maior variação, 1,24%, enquanto a região Norte ficou com a mais baixa, -0,01%.        

Na comparação entre os estados, os valores (que levam em conta a desoneração da folha de pagamento de empresas do setor da construção civil) apresentaram grande variação na região Norte, onde Amapá (3,44%) e Tocantins (1,49%) tiveram as maiores altas do índice. Com as variações, o preço médio do metro quadrado nos estados é de R$ 859,42 e R$ 908,70, respectivamente.

O estado do Rio de Janeiro, apesar da baixa variação entre dezembro e janeiro, de apenas 0,09% nos últimos 12 meses, tem o metro quadrado mais caro do Brasil — R$ 969,93 e é seguido pelo Acre, que tem preço, em média, de R$ 954,27. O estado de São Paulo, por sua vez, apresentou um aumento de 0,42% e agora tem o metro quadrado a R$ 927,63.

 

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade