Prefeito Carlos Eduardo faz palestra a empresários das Ilhas Canárias

O prefeito falou um pouco sobre a história da cidade, a participação na Segunda Guerra Mundial

20140422_132924

O prefeito Carlos Eduardo proferiu palestra para 77 empresários das Ilhas Canárias, com vistas a apresentar as possibilidades de atrair novos investimentos para Natal. O grupo de empresários que participou da palestra era formado basicamente por hoteleiros locais e empresários da construção civil.

Carlos Eduardo fez uma apresentação com dados da cidade, logo após a exibição de vídeo de cinco minutos feito pela Prefeitura mostrando os atrativos da cidade, com destaque para a área metropolitana de Natal, que é a nona maior do Brasil, com cerca de 1,5 milhão de pessoas, e a posição geográfica da cidade, que fica a apenas quatro horas de voo das Ilhas Canárias.

O prefeito falou um pouco sobre a história da cidade, a participação na Segunda Guerra Mundial, justamente pela posição geográfica no cenário de Guerra, e sua geografia e clima, bem parecido com o das Ilhas Canárias.

As sete ilhas que formam as Canárias têm cerca de dois milhões de habitantes e o turismo representa 90% do PIB local. “Natal é a porta de entrada para se ter acesso a 400 quilômetros de litoral, com praias paradisíacas de águas mornas e convidativas e protegidas por dunas de areias brancas. Com um Centro de Convenções capacitado para atender 20 mil pessoas, Natal está preparada para receber eventos de negócios, como congressos, palestras e feiras. Um dos pontos altos da cidade é sua rede de gastronomia, centrada em frutos do mar”, discorreu o prefeito.

Como as Ilhas Canárias são conhecidas pelo turismo sustentável que desenvolvem até em função das fragilidades do ambiente local, já que são ilhas vulcânicas, e que recebem anualmente até 12 milhões de turistas, o prefeito também falou das questões ambientais de Natal como a presença do Parque das Dunas, o segundo maior parque urbano do Brasil, preservando uma das últimas reservas da Mata Atlântica do litoral brasileiro, e o Parque da Cidade, um projeto do consagrado arquiteto Oscar Niemeyer, numa área de 64 hectares, que preserva um dos principais mananciais de água subterrânea de Natal. “Além disso, nosso litoral é um dos melhores locais de mundo para a prática do mergulho, seja em apneia ou com equipamento, por oferecer águas calmas e cristalinas e recifes de coral. A orla se oferece para os esportes náuticos, em especial o surfe, kietsurfe e parapente, graças ao vento constante no nosso litoral”.

Por fim, Carlos Eduardo falou sobre os eventos da cidade, que é uma das sedes da Copa do Mundo. Ele fez uma explanação do trabalho que o município está desenvolvendo para que o Carnaval de Natal se firme como uma opção no Nordeste e, principalmente, destacou a programação cultural e o clima do “Natal em Natal”, realizado no final do ano.

Segundo o prefeito, alguns investidores já mostraram interesse em conhecer mais detalhadamente a cidade e as oportunidades de investimentos e foram convidados por ele a virem a Natal, o que deve ocorrer após a Copa do Mundo. “Há o interesse nosso e deles de se estabelecer uma ligação aérea entre as Canárias e Natal, de forma a transformar a nossa cidade na porta de entrada de Europeus que visitam a ilha e poderiam conjugar as viagens com o Nordeste brasileiro e de outro modo fazer das Canárias mais uma porta de entrada de brasileiros que visitam a Europa”, diz Carlos Eduardo.

Compartilhar: