Prefeitura resolve pagar aluguel para famílias desabrigadas de Mãe Luiza

Carlos Eduardo explicou que todas as medidas estão sendo adotadas pela Prefeitura para minimizar os transtornos dos moradores

Foto: Marco Polo
Foto: Marco Polo

A Prefeitura do Natal vai pagar o aluguel de casas para os moradores de Mãe Luiza desabrigados por causa das chuvas. O compromisso foi assumido pelo prefeito Carlos Eduardo durante reunião com os moradores e representantes da comunidade realizada na manhã desta terça-feira (17) no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão.

O chefe do executivo municipal relatou as ações emergenciais que estão sendo executadas desde sábado á noite, quando entrou em contato com o Ministro da Integração, Francisco Teixeira, que enviou a cidade cinco geólogos do Serviço Geológico do Brasil, ligado ao Ministério das Minas e Energia para auxiliar na solução do processo de recuperação da área degradada.

Carlos Eduardo explicou que todas as medidas estão sendo adotadas pela Prefeitura para minimizar os transtornos dos moradores desabrigados e no menor prazo possível recuperar a área degradada, mas que para isso precisa do relatório apontando a melhor solução, que garanta a segurança dos moradores.  O prefeito afirmou que as medidas estão sendo tomadas para solucionar o problema no mais curto espaço de tempo possível.

Com relação à parte emergencial, a secretária de Trabalho e Assistência Social, Ilzamar Pereira, informou que desde a noite de sábado, quando houve a erosão na rua Guanabara e os moradores foram orientandos pela Defesa Civil do Município a deixar suas casas, equipes das secretarias de Trabalho e Assistência Social (Semtas), Mobilidade Urbana (Semob), Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), Meio Ambiente Urbanismo (Semurb), e a Defesa Civil atuam na assistência a comunidade, ajudando na mudança para a casa de parentes e amigos e abrigando na Escola Municipal Santos Reis os que não tinham onde ficar.

Ilzamar fez questão de ressaltar que todo o trabalho está sendo realizado com a participação de igrejas de várias denominações, inclusive católica, que estão realizando mutirões para coletar água para beber, roupa e alimento. A secretária fez um apelo aos moradores presentes à reunião, para que façam o seu cadastro nas tendas armadas pelo município em Mãe Luíza, para que as ações sejam direcionadas adequadamente.

Participaram da reunião também representantes das Secretarias Municipal de Mobilidade Pública, Defesa Social, de Obras Públicas e Infraestrutura e do Trabalho e Assistência Social e do Gabinete Civil.

Compartilhar:
    Publicidade