Presidente do Galo dispara contra juiz: “gângster, ladrão, filho da p…”

O mandatário alvinegro estaria irritado com a não marcação de um pênalti sobre o atacante Jô

Arbitragem irritou os atleticanos na final do Mineiro. Foto: Divulgação
Arbitragem irritou os atleticanos na final do Mineiro. Foto: Divulgação

Irritado por não ter conquistado o titulo do Campeonato Mineiro, após o empate por 0 a 0 com o Cruzeiro, na tarde deste domingo, no Mineirão, o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, insultou o juiz e os auxiliares do jogo.

O mandatário alvinegro estaria irritado com a não marcação de um pênalti, sobre o atacante Jô, no segundo tempo do jogo entre os rivais, no gigante da Pampulha. No lance, além de não marcar falta, o bandeira assinalou impedimento.

Quando o trio de arbitragem deixava o gramado de jogo, o presidente atleticano correu até os juízes e gritou. “Gângster, ladrão, vagabundo, filho da p…”, esbravejou.

O Cruzeiro conquistou a taça sobre o Atlético-MG com dois empates por 0 a 0 – por ter a vantagem de ter sido o melhor time da primeira etapa. Os celestes não terão muito tempo pela frente, nesta segunda-feira os jogadores se reapresentam na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte.

Fonte: Terra

Compartilhar: