Deputada Estadual Márcia Maia discute projeto social com AFURN

A Frente Parlamentar deverá realizar nos próximos dias uma visita aos núcleos da entidade para acompanhar o projeto in loco e avaliar alternativas de apoio ao projeto

Deputada estadual e presidente da Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente, Márcia Maia. Foto:Divulgação
Deputada estadual e presidente da Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente, Márcia Maia. Foto:Divulgação

A deputada estadual e presidente da Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente, Márcia Maia, recebeu em seu gabinete esta semana uma comissão da AFURN (Associação dos Funcionários da Universidade Federal do Rio Grande do Norte) para tratar do apoio da Assembleia Legislativa e da Frente a um projeto social desenvolvido pela entidade.

Capitaneada pelo presidente da entidade, Nilberto Galvão, e acompanhado pelos instrutores de futebol Nilton César e Edilson Batista “Pernambuco”,  a comissão apresentou o projeto Educando com o Esporte. A ação beneficia mais de 400 crianças entre 12 e 17 anos em núcleos nas cidades de Natal, Parnamirim, Macaíba e Currais Novos.

“É uma ação forte e que tende a crescer ainda mais se tiver um apoio consistente. Para se ter uma ideia, dos garotos que participam do projeto, o índice de aprovação dos jovens na escola é de 93% e de frequência é de 84%. Não formamos atletas, mas cidadãos”, afirmou Nilberto.

O encontro foi o segundo contato entre a parlamentar e a representação da entidade. Para Márcia, o projeto é uma porta de entrada para a cidadania e o Legislativo tem a função de apoiar iniciativas que tem por objetivo transformar a realidade social.

“As estatísticas apontam cada vez mais para jovens em situação de risco social, o avanço das drogas é uma realidade, tal qual da violência. Por isso, o Estado e o Legislativo tem a função antes de tudo, de combater essa situação e, uma das vertentes, é apoiar iniciativas de amparo e estímulo à cidadania como esta desenvolvida pela AFURN”, afirmou a parlamentar.

A Frente Parlamentar deverá realizar nos próximos dias uma visita aos núcleos da entidade para acompanhar o projeto in loco e avaliar alternativas de apoio ao projeto.

Compartilhar: